sexta-feira, 20 de novembro de 2009

O REINO DE AGARTHA SHAMBALAH INTRATERRENOS

Agharta é uma palavra que se e refere ao Império Subterrâneo , que todos acreditam existir abaixo da terra . Este mundo subterrâneo tem milhões de habitantes , residentes em diversas cidades e Shambalah é a sua capital .

O Chefe supremo deste mundo interior é conhecido no Oriente como o Rei do Mundo , exercendo um governo justo e poderoso, com reflexos na superfície da terra .Existem em diversas partes do mundo túneis e caminhos dimensionais que levam à esta civilização de sábios ; a maioria deles no Himalaia , Andes e até no Brasil – um dos mais importantes localiza-se precisamente nos contrafortes da Serra do Roncador (estado do Mato Grosso – próximo à fronteira dos estados de Goiás e Mato Grosso do Sul )

Em Portugal muitos são os túneis também….A entrada destes túneis é vigiada por iniciados , que tem como juramento , manter secreto a localização dos mesmos e não permitir a entrada de curiosos .Os cientistas do mundo subterrâneo,possuem conhecimentos e tecnologias muito superiores às nossas,com total domínio das forças naturais e das leis da natureza.

Ossendowsky afirma que o império de Agharta consiste de uma rede subterrânea de cidades interligadas por túneis , através dos quais os seus veículos (os discos voadores) percorrem com incrível velocidade . Estes túneis tem acessos à superfície da terra e oceanos .

Nas diversas fases da nossa história , o reino de Agharta envia seus filhos ou emissários à superfície para auxiliar à humanidade . No épico indu Ramaiana , Rama foi um destes emissários , chegando ao nosso mundo num veículo aéreo e permanecendo entre nós .

As estátuas gigantescas dos primeiros deuses e reis egipcios , assim como a estátua que retrata o primeiro buda , representa este intercâmbio ao longo do tempo.
Quetzalcóat, o profeta dos Maia e Astecas, era um estranho entre os índios, sendo de uma raça diferente , por ser louro e provido de barba branca . Os astecas o chamamavam de “Deus da Abundância” , e segundo os relatos trajava um veste branca flutuante . Veio provavelmente do mundo subterrâneo e retornou à sua terra , depois de observar que os índios pouco aproveitavam dos seus ensinamentos .

Relatos semelhantes da presença destes avatares também ocorreu com os Incas , no Perú . Com relação à Agharta, o Professor Henrique J. de Souza, presidente da Sociedade Teosófica Brasileira e autoridade de destaque no assunto do mundo subterrâneo, escreveu na sua revista um artigo: existe Shangri-lá ? .

“Entre todas as raças da humanidade, desde o alvorecer dos tempos, existe a tradição de uma Terra Sagrada ou Paraíso terrestre, onde os mais elevados ideais da humanidade são realidades vivas. Este conceito é encontrado nos escritos mais antigos e nas tradições dos povos da Europa, Ásia Menor, China, Egito e Américas. Esta terra sagrada, dizem, pode ser conhecida somente das pessoas merecedoras, puras e inocentes, razão pela qual constitui o tema central dos sonhos da infância."

"O caminho que conduz a esta Terra Abençoada , este Mundo invisível, este Domínio Esotérico e Oculto, constitui a motivação central e a chave mestra de todos os sistemas de iniciação no passado, presente e futuro. Esta chave mágica é o ‘Abre-te Sésamo’ que destranca as portas de um mundo novo e maravilhoso.Os antigos rosacrucianos a designavam pela palavra vitriol,que é a combinação das primeiras letras da frase vista interiora terrae rectificando invenes Omnia Lapidem, para indicar que ‘no interior da Terra está oculto o verdadeiro mistério’. O caminho que conduz a este Mundo Oculto é o da Iniciação".

salteadoresdaarca.wordpress.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário