quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

DEUS É A FORÇA QUE GOVERNA TUDO


Acreditamos que a mente de Deus seja música cósmica, a música de cordas ressonando através do hiper-espaço de 11 dimensões. Essa é a mente de Deus.
 
De acordo com declarações de um respeitado cientista, definitivamente há prova de que Deus existe. Ele acredita ter encontrado evidências que apoiam a existência da ação de uma força “que governa tudo”.
 
O físico teórico Michio Kaku acredita ter conseguido elaborar uma teoria que poderia provar a existência de Deus. A controversa teoria surpreendeu muitas pessoas, pois o Dr. Michio Kaku é considerado um dos cientistas mais importantes da nossa época.
 
Michio Kaku diz que Deus pode ser um matemático.
 
Kaku é um dos criadores e desenvolvedores da Teoria da Cordas.
 
Para chegar à conclusão de que Deus possa de fato existir e de que há evidências da ação de uma força “que governa tudo”, Kaku utilizou o que ele chama de “táquions primitivos de semi-raio”.
 
De acordo com o cientista, os táquions são partículas teóricas capazes de ‘desgrudar’ a matéria do vácuo do espaço no Universo, entre as partículas de matéria, finalmente deixando tudo livre da influência do Universo ao redor.
 
Disse Michio Kaku num vídeo chamado “Is God a Mathematician?” (Seria Deus um Matemático?):
 
Bem, a física caminhou por muitas décadas. Desenvolvemos a bomba atômica. Compreendemos as estrelas. Desenvolvemos os fachos de laser, mas só recentemente descobrimos a teoria das cordas, e a teoria das cordas existe em 10 e 11 hiper-espaços dimensionais. Não é só isso, mas estas dimensões são super.  Elas são super-simétricas. Um novo tipo de números que matemáticos nunca falaram a respeito evoluiu dentro da teoria das cordas.  É por isso que a chamamos de “teoria das super-cordas”. Bem, os matemáticos ficaram arrasados. Eles ficaram chocados porque de repente saindo da física veio uma nova matemática, super-números, super-topologia, super-geometria diferencial.
 
De repente tínhamos teorias super-simétricas saindo da física que por sua vez revolucionou a matemática; e assim, a meta da física, nós acreditamos, é a de encontrar uma equação, talvez não mais do que uma polegada de comprimento, a qual nos permitirá unificar todas as forças da natureza e nos permitirá ler a mente de Deus .
 
E qual é a chave dessa equação de uma polegada? Super-simetria, uma simetria que vem da física, não da matemática, e tem chocado o mundo dos matemáticos. Mas, veja você, tudo isso é pura matemática, e assim a resolução final poderia ser a de que Deus é um matemático. E quando você lê a mente de Deus, na verdade temos um candidato para a mente de Deus. A mente de Deus, acreditamos, é a música cósmica, a música das cordas ressonando através dos 11 hiper-espaços dimensionais. Essa é a mente de Deus.
 

HÁ ALGO DE GRANDIOSO ACONTECENDO NO MUNDO


“Necessidades de mudança no modelo de emprego e de empreendorismo. O surgimento da colaboração com movimentos de economia colaborativa. A internet derrubando o controle de massa, onde não tem mais apenas uns poucos dando as notícias que querem que a gente leia. Movimentos como o lowsumerism, slow life, slow food para diminuir o consumo desenfreado. Força de impulso pro movimento de alimentação saudável, de consumo de orgânicos. O crescimento da Espiritualidade com a percepção de que só com a mente racional não conseguimos entender tudo que se passa aqui. O questionamento sobre o modelo de educação tradicional e a busca de novas propostas. Há algo realmente acontecendo…”

Ainda não nos demos conta de algo extraordinário que está acontecendo.
 
Há alguns meses, me descolei da sociedade, me libertei das amarras e medos que me prendiam ao sistema. E desde então, passei a ver o mundo sob uma diferente perspectiva. A perspectiva de que tudo está se transformando e a maioria de nós sequer se deu conta disso.
 
Por que o mundo está se transformando? Nesse post vou listar os motivos que me levam a acreditar nisso.

Cada um está chegando no seu limite. Pessoas que trabalham em grandes corporações não aguentam mais seus empregos. A falta de propósito começa bater à porta de cada um como um grito de desespero do peito.
 
As pessoas querem sair. Querem largar tudo. Veja quantas pessoas tentando empreender, quantas pessoas tirando períodos sabáticos, quantas pessoas estão em depressão no trabalho, quantas pessoas em burnout.
 
O modelo do empreendedorismo também está mudando.
Há alguns anos, com a explosão das startups, milhares de empreendedores correram para suas garagens para criar suas ideias bilionárias. A glória dos empreendedores era conseguir um investidor. Grana do investidor na mão era praticamente a taça da copa do mundo.
 
Mas o que acontece quando você recebe um aporte de investidor?
Você volta a ser um funcionário. Você tem pessoas que não estão alinhadas com seu sonho, que não estão nem aí para seu propósito e tudo passa a girar em função do dinheiro. O retorno financeiro passa a ser o principal driver.
 
Muita gente está sofrendo com isso. Excelentes startups começaram a patinar porque o modelo de buscar dinheiro nunca tem fim.
 
É preciso uma nova forma de empreender. E tem muita gente boa já fazendo isso.
 
O surgimento da colaboração
 Muita gente já se ligou que não faz sentido ir sozinho. Muita gente já acordou para essa loucura que é a mentalidade do “cada um por si”.
 
Pare e pense friamente. Não é um absurdo, nós que somos 7 bilhões de pessoas vivendo no mesmo planeta, nos separarmos tanto? Que sentido faz, você e as milhares (ou milhões) de pessoas que vivem na mesma cidade virarem as costas umas para as outras? Cada vez que começo e pensar nisso, fico até desanimado.
 
Mas felizmente as coisas estão mudando. Todos os movimentos de economia colaborativa estão apontando nessa direção. A direção da colaboração, do compartilhamento, da ajuda, de dar as mãos, da união.

E isso é lindo de se ver. Até emociona.
 
Estamos começando finalmente a entender o que é a internet
A internet é uma coisa incrivelmente espetacular e somente agora, depois de tantos anos, estamos conseguindo entender o seu poder. Com a internet, o mundo se abre, as barreiras caem, a separação acaba, a união começa, a colaboração explode, a ajuda surge.
 
Alguns povos fizeram revoluções com a internet, como a Primavera Árabe. Aqui no Brasil estamos começando a usar melhor essa ferramenta magnífica.
 
A internet está derrubando o controle de massa. Não tem mais televisão, não tem mais uns poucos jornais dando as notícias que querem que a gente leia. Cada um vai atrás daquilo que quer. Cada um se une com quem quiser. Cada um explora o que quiser explorar.
 
Com a internet, o pequeno passa a ter voz. O anônimo passa a ser conhecido. O mundo se une. E o sistema pode quebrar
 
A queda do consumismo desenfreado
 Por muitos anos fomos manipulados, estimulados a consumir como loucos. A comprar tudo que era lançado, a ter o carro mais novo, o primeiro iphone, as melhores marcas, muita roupa, muito sapato, muito muito, muito tudo.
 
Mas as pessoas já começaram a sacar que isso tudo não faz sentido. Movimentos como o lowsumerism, slow life, slow food, começam a aparecer pra mostrar que nos organizamos da forma mais absurda possível.
 
Cada vez menos gente usando carro, cada vez menos pessoas comprando muito, cada vez mais gente trocando roupas, doando, comprando usado, dividindo bens, compartilhando carros, apartamentos, escritórios.
 
A gente não precisa de nada disso que falaram que a gente precisava. E essa consciência quebra qualquer empresa que vive do consumo desenfreado.
 
Alimentação saudável e orgânica
 A gente era tão louco que aceitou comer qualquer lixo. Era só ter um sabor gostoso na língua que beleza. A gente era tão desconectado, que os caras começaram a colocar veneno na nossa comida e a gente não falou nada.
 
Mas aí um pessoal começou a acordar e começaram a dar força pro movimento de alimentação saudável, de consumo de orgânicos. E isso vai ganhar força.
 
Mas o que que isso tem a ver com economia e trabalho? Tem tudo a ver! A produção de alimentos é a base da nossa sociedade. A indústria alimentícia é uma das principais do mundo. Se a consciência muda, se nossa alimentação muda, a forma de consumo muda, e as grandes corporações precisam acompanhar essas mudanças.
 
O pequeno produtor está voltando a ter força. As pessoas começando a plantar sua própria comida também. E isso muda toda a economia.
 
Despertar da espiritualidade
Quantos amigos você tem hoje que fazem yoga? E meditação? Quantas pessoas faziam isso 10 anos atrás?
 
A espiritualidade por muitos anos era coisa do pessoal do esoterismo. Era coisa de gente esquisita do misticismo.
 
Mas felizmente isso está mudando. Chegamos no limite da nossa racionalidade. Pudemos perceber que só com a mente racional não conseguimos entender tudo que se passa aqui. Tem mais coisa acontecendo e eu sei que você quer entender.
 
Você quer entender como essas coisas que acontecem aqui funcionam. Como a vida opera, o que rola depois da morte, o que é essa parada de energia que tanto falam, que que é física quântica, como é que os pensamentos podem se materializar e criar nossa realidade, o que são as coincidências e sincronicidades, por que quem medita é mais tranquilo, como é possível curar com as mãos, e essas terapias alternativas que a medicina não aprova, mas funcionam?
 
Empresas promovendo meditação aos funcionários. Escolas ensinando meditação para crianças.
 
Movimentos de desescolarização
Quem criou esse modelo de ensino? Quem escolheu as matérias que você precisa estudar? Quem escolheu os temas que são estudados nas aulas de história? Por que não nos ensinaram sobre outras civilizações antigas?
 
Por que uma criança deve aprender a obedecer regras? Por que ela deve assistir a tudo em silêncio? Por que ela deve vestir uniforme? Prestar uma prova para provar que você aprendeu?
 
Criamos um modelo que forma seguidores do sistema. Que prepara pessoas para serem seres humanos ordinários e medianos.
 
Mas felizmente também, tem muita gente trabalhando para mudar isso. Movimentos de desescolarização, hackschooling, homeschooling.
 
Talvez você nunca tenha pensado nisso e esteja em choque com o que estou colocando aqui. Mas tudo isso está acontecendo. Silenciosamente, as pessoas estão acordando, se dando conta da loucura que é viver nessa sociedade.
 
Olhe para todos esses movimentos e tente pensar que tudo está normal. Eu acho que não está. Há algo de muito extraordinário acontecendo no mundo.
 
Gustavo Tanaka
 

CIVILIZAÇÃO MAIA CALCULOU MOVIMENTOS DE VÊNUS


Uma nova análise de um antigo texto maia, o Códice de Dresden, o mais antigo escrito nas Américas conhecido pelos historiadores, sugere que um astrônomo da época pode ter feito uma grande descoberta mais de mil anos atrás.
 
De acordo com um novo estudo da Universidade da Califórnia em Santa Barbara (EUA), os dados astronômicos escritos em parte do texto, chamada de “Venus Table” (ou “Tabela de Vênus”) não foram criados apenas com base na numerologia, como se pensava anteriormente, mas sim eram uma forma pioneira de manutenção de registros científicos que teve grande importância para a sociedade maia.
 
Um artigo sobre a pesquisa foi publicado no Journal of Astronomy in Culture.
 
Raridade numerológica ou correção matemática?
 
O antropólogo Gerardo Aldana fez uma leitura da Tabela de Vênus que incorporou epigrafia (o estudo dos hieróglifos), arqueologia e astronomia. O autor da pesquisa sugere que uma antiga correção matemática no texto, referente aos movimentos de Vênus, provavelmente pode ser rastreada até a cidade de Chich’en Itza durante o período clássico terminal de 800 a 1000 dC.
 
Até então, os estudiosos consideravam essa “sutileza matemática” uma raridade numerológica. Porém, Aldana crê que ela serve como uma correção para o ciclo irregular de Vênus, que dura 583,92 dias, assim como o nosso próprio calendário gregoriano incorpora anos bissextos.
 
Segundo a análise que Aldana fez da tabela, um verbo chave no texto – k’al – tem um significado diferente de como os pesquisadores originalmente o interpretaram. O antropólogo diz que ele deve ser lido no sentido de “incluir” ou “anexar”, o que lhe dá um novo significado cosmológico, ajudando a gravar uma mensagem científica muito diferente.
Arqueólogos descobrem ruínas de antiga cidade maia
 
“O que eu estou dizendo é: vamos fazer uma suposição diferente”, explica Aldana ao portal Science Alert. “Vamos supor que os maias tinham registros históricos e mantinham registros históricos de eventos astronômicos para consultá-los no futuro – exatamente o que os gregos e os egípcios e todos os outros fizeram”.
Fator cultural
 
Para testar essa hipótese, Aldana examinou outro sítio arqueológico maia, Copán, em Honduras. Os registros de Vênus nesta antiga cidade-estado correspondiam aos registros na Tabela de Vênus, acrescentando peso à ideia de que as observações do movimento do planeta eram uma forma de registro histórico e científico.
Fim do Calendário Maia: 7 maneiras que o mundo pode ser destruído hoje
 
Aldana acha que é provável as observações não foram puramente mantidas para manutenção de registros astronômicos, mas também serviam como uma base importante para a atividade maia baseada em calendário.
 
“Eles usavam Vênus não apenas para traçar estritamente quando o planeta ia aparecer, mas para os seus ciclos rituais”, argumenta. “Eles tinham atividades rituais, quando toda a cidade se reunia e eles faziam certos eventos com base na observação de Vênus”.
 
Se a nova interpretação da tabela estiver correta, significa que este registro maia precoce não era apenas um exercício numerológico com base em cálculos matemáticos, mas uma realização científica maior, com base em uma observação mais ampla.
 
ScienceAlert

hypescience.com/estudo-sugere-que-astronomo-maia-calculou-os-movimentos-de-ve

UDUMBARA A FLOR CELESTIAL ANUNCIA A CHEGADA DE UM MESTRE AO PLANETA


Lendária Flor desata controvérsia na imprensa chinesa sendo notícia nos meios estatais por vários dias antes de ser censurada.

Cercada de mistérios e profecias a aparição da belíssima Flor a cada 3.000 anos, segundo a tradição esotérica de vários países asiáticos, anuncia a chegada ao planeta de um Grande Sábio ou Ser Iluminado.

"A Flor Udumbara se asemelha a um sino e seu talo parece um fio de seda.  As Flores podem surgir em qualquer lugar, em folhas de outras plantas, em aço inoxidável, tábuas de madeiras, plástico, frutas, granito, vidro, portas de alumínio, papel, lâmpadas elétricas, etc... ".

Beth Sarno enviou esta Mensagem

ANEL DE NOVE EXPLOSÕES DE RAIOS GAMA COM CINCO BILHÕES DE ANOS-LUZ DE DIÂMETRO;

Uma equipe de astrônomos descobriu o que parece ser a maior “coisa” no universo observável: um anel de nove explosões de raios gama, com cinco bilhões de anos-luz de diâmetro.

Explosões de raios gama (ERGs) são os eventos mais luminosos do universo, liberando tanta energia em poucos segundos quanto o sol durante sua vida útil de 10 bilhões de anos.

Mistério cósmico resolvido: maior estrutura conhecida no universo é estudada
Os cientistas creem que as ERGs são o resultado de estrelas massivas colapsando em buracos negros.

As ERGs que formam o anel recém-descoberto foram encontradas utilizando uma variedade de observatórios espaciais e terrestres. Elas parecem estar a distâncias muito similares de nós – cerca de 7 bilhões de anos-luz – em um círculo de 36° em todo no céu, ou mais de 70 vezes o diâmetro da lua cheia.

Isto implica que o anel tem mais de 5 bilhões de anos-luz de diâmetro. De acordo com o principal autor do estudo, Lajos Balazs do Observatório Kokoly em Budapeste, na Hungria, há uma probabilidade de 1 em 20.000 das ERGs estarem nesta distribuição por acaso.

Os modelos astronômicos atuais indicam que a estrutura do cosmos é uniforme em escalas maiores. Este princípio é apoiado por observações do início do universo e sua assinatura de micro-ondas.

No entanto, a nova descoberta desafia esse princípio, que define um limite teórico de 1,2 bilhões de anos-luz para as maiores estruturas do universo. O anel recém-descoberto é quase cinco vezes maior.

Universo pode ser DEZ VEZES maior do que pensamos

O anel poderia ser na verdade a projeção de uma esfera, na qual as ERGs ocorreram todas dentro de um período de 250 milhões de anos, um tempo curto se comparado com a idade do universo.

Uma projeção de anel esferoidal iria espelhar as cordas de aglomerados de galáxias que cercam espaços vazios no universo. Esses vazios e formações da corda são preditos por muitos modelos do cosmos, mas, novamente, o anel recém-descoberto é pelo menos dez vezes maior do que os vazios conhecidos.

“Se estivermos certos, esta estrutura contradiz os modelos atuais do universo. Foi uma surpresa encontrar algo tão grande, e nós ainda não entendemos muito bem como ele veio a existir”, afirma Balazs.

O próximo passo da pesquisa é descobrir mais sobre o anel, e verificar se os processos conhecidos para a formação de galáxias e estruturas de grande escala poderiam ter levado a sua criação, ou se os astrônomos precisam revisar radicalmente suas teorias da evolução do cosmos. 

ScienceDaily

MISTERIOSA ESTRUTURA OCULTA DO UNIVERSO

Os últimos dias estão sendo agitados no campo da astrofísica. A empolgação geral com a comprovação da existência do bóson de Higgspraticamente encobriu outra descoberta fascinante: a matéria escura foi identificada diretamente pela primeira vez.

Pesquisadores do Observatório da Universidade de Munique, na Alemanha, detectaram uma gigantesca cadeia de matéria escura entre dois super-aglomerados de galáxias, Abell 222 e Abell 223. Astrônomos já haviam pressuposto que o espaço entre as galáxias era composto por matéria escura e fria, mas ela nunca havia sido detectada diretamente. Essa descoberta ajudará os cientistas a entender a evolução do universo.

 
O universo é preenchido com filamentos de matéria escura, uma misteriosa substância que não pode ser vista. Cientistas sabem que essaobscura estrutura existe porque ela pode ser detectada através de sua atração gravitacional. Calcula-se que a matéria escura componha cerca de 83% da massa de nosso universo.

Alguns cientistas eram céticos com a possibilidade de detectar filamentos de matéria escura atualmente, acreditando que seria necessário esperar por telescópios mais avançados. Mas graças à geometria espacial rara desses dois aglomerados de galáxias, os cientistas alemães conseguiram detectar sinais do que é conhecido como lente gravitacional fraca. O efeito dessa lente gravitacional faz com que a luz de um objeto, como uma galáxia, apareça com sua imagem inclinada na Terra quando passa perto de um aglomerado massivo.

A descoberta
A estrutura de matéria escura encontrada aparece justaposta com a distribuição de matéria comum, o que permite uma comparação sem precedentes entre as duas fontes de gravidade. A matéria escura pode ser detectada porque a forte gravidade do filamento que une os dois aglomerados de galáxias – que ficam a 2,7 bilhões de anos-luz de distância da Terra – funciona como uma lente para a luz que vem de galáxias mais distantes em direção ao nosso planeta. Astrônomos usaram essa luz para calcular a massa e o formato do filamento.

A partir de raios-X emitidos pelo gás quente de matéria comum, cientistas descobriram que essa matéria compõe apenas 9% da massa do filamento. Outros 10% podem ser atribuídos às estrelas e galáxias visíveis. E o restante? A famosa matéria escura, que conecta aglomerados de galáxias pelo universo.

Entender a relação entre a matéria comum e a matéria escura pode ajudar os cientistas a entenderem como a matéria escura é formada, e consequentemente, entender a estrutura do universo. No futuro – não tão distante, esperamos – poderá ser possível descobrir o que compõe a obscura e misteriosa matéria escura. 

hypescience.com/misteriosa-estrutura-oculta-do-universo-e-observada-pela-primeira-...