quinta-feira, 29 de julho de 2010

PLANETA TERRA É UM ORGANISMO VIVO

Já falamos de seu formato e seu sistema de chacra em semelhança aos chacras humanos. Assim, nosso planeta forma uma rede entre esses vários chacras e nadis que podemos chamar de matriz global.

A Terra e suas energias são sustentadas e organizadas pelo padrão geométrico inteligente – ou rede – de energia que é a matriz global da rede. Imaginem a Terra como um globo ligado por uma treliça energética ou grades de linha de luz, cruzando-se em pontos específicos dentro e em torno do planeta. Este complexo sistema etérico de grades da existência de linhas lei, não somente sustenta a força da vida, a constituição alquímica e o equilíbrio ecológico do planeta, mas sustenta também as dimensões das energias etéricas e eletromagnéticas ancoradas e filtradas através das diferentes dimensões da anatomia humana. Sem a matriz global da grade, os humanos simplesmente não existiriam.

O relacionamento complexo entre a matriz e os corpos humanos pode ser brevemente resumido como:  o corpo etérico é um labirinto energético de pontos contíguos de acupuntura, canais de meridianos e vórtices de chacras que sustentam o corpo físico na terceira dimensão.

A matriz global da grade sustenta e rejuvenesce o complexo corpo etérico, que por sua vez, rejuvenesce, sustenta e cria a nossa anatomia física.

Determinadas proporções geométricas da matriz global da grade estão entrelaçadas etericamente e codificadas dentro do DNA do sistema nervoso central. A inteligência interna da matriz global da grade sustenta a tecnologia da geometria do DNA.

Através do DNA, a matriz global da grade entrelaça-se no corpo etérico e continua a co-criar um processo de cura energético e alquímico, através dos muitos níveis e camadas da anatomia física.

Assim a matriz global da grade media através e entre os corpos etéricos e físicos para sustentar a nossa saúde, a força de vida, forma e consciência nesta dimensão. Não será surpresa para muitos de vocês que os patriarcas compreenderam a tecnologia da matriz global da grade. Eles usavam as linhas lei e os seus pontos de conexão para localizar os lugares sagrados na Terra e para criar as dimensões geométricas de seus templos de pedra. É por isto que encontramos os lugares sagrados dos templos, pirâmides e círculos de pedra posicionados ao redor de todo o planeta.

A Grade Cristalina é uma rede planetária, uma estrutura etérica cristalina que envolve o planeta e guarda a consciência de cada uma das espécies da vida. Ela tem um componente eletromagnético associado com a 3ª dimensão, mas também tem um componente Supra dimensional adequado para cada dimensão.

É geométrica, cristalina e sagrada, um pentadodecaedro duplo que através de um desenho especifico inclui 144 faces pentagonais e triangulares numa matriz cristalina simétrica, cada uma tem 12 faces principais que se elevam no centro para formar pirâmides de 5 lados. Portanto são 12 pirâmides pentagonais se considerarmos que cada superfície pentagonal tem 5 triângulos e uma pirâmide de 5 lados, assim nos chegamos ao número mestre frequencial de 144. Daí, a nomenclatura 144 da Terra.

A energia cristalina é uma fonte onipotente de poder, cujas implicações estão muito além da compreensão da humanidade, a estrutura cristalina é formada por uma essência de ressonância de luz frequencial que é multidimensional e coerente existindo na matéria e na anti-matéria. É um modelo divino que dá origem a toda manifestação da criação e forma a própria composição material de todos os planos de existência; é a enzima da realidade e a fonte da vitalidade do próprio cosmo, todos os pensamentos precisam ser elevados ao formato cristalino para se manifestar.

Luz coerente é energia cristalina, a vitalidade da qual é formada toda natureza de todos os mundos e realidades. Tudo o que chamamos de divino e sagrado é cristalino.

A conversão cristalina, através da antena da grade cristalina 144 (grade atual do planeta), está prestes a aumentar amplamente a recepção dimensional da Terra da 3ª dimensão para a 12ª e mais além.

O ponto principal de suporte do impulso cósmico se deu em 9:9:9, nesta data foi ativado o centro cardíaco do vórtice cristalino de ARKANSAS. Essa área está recebendo e distribuindo a energia cristalina mais potente já experienciada na Terra, desde a idade de ouro da Atlântida. E a montanha sagrada do Monte Magazine é o centro desse vórtice cristalino. Assim, o Cristal Esmeralda da Cura foi desperto, juntamente com o Cristal do Monte Shasta, o Cristal Dourado do Brasil, o Cristal no lago Titicaca, e consequentemente, ativou em funcionamento maior o Cristal Azul do Conhecimento também no Arkansas.

Deste modo, a reverberação do Cristal Esmeralda se irradiou numa onda cristalina que despertou instantaneamente os outros três cristais citados acima e enviou uma subtensão para o Cristal Azul do Conhecimento. Na verdade, o impulso se deu no Arkansas de forma oxiotonal a partir do interior do vórtice da mesma forma. Eles energizaram a grade 144 para 75% de funcionalidade, recodificaram o disco solar no interior do cristal de Arkansas e se alinharam com os 12 padrões do mesmo através do planeta.

O primeiro deste, o Cristal Azul do Conhecimento, localizado em Arkansas, já se despertou em 2008, e alinhado aos outros cristais atlânticos adormecidos no Brasil, Monte Shasta, Bimine e Lago Titicaca, quatro desses despertaram em 9:9:9, introduzindo oficialmente a era cristalina.

O Cristal Esmeralda irradia uma energia linda, calmante e de uma magnificência brilhante. Ele é a força que equilibra todos os cristais que interagem com a aura humana, através do sistema de chacra. Foi a recodificação do aspecto cristalino, chamado semente estelar divina feminina. Esse cristal de cura está impulsionando ou reprogramando, através dos raios esmeralda e platina, o DNA do planeta e também o DNA dos humanos que estão abertos para receber as transformações sagradas.

E isso já foi constatado pelos cientistas que estão em constante tentativa de compreender o que se passa com nosso DNA. O efeito desses raios está trazendo a diminuição da oscilação dos aspectos masculino e feminino e, consequentemente, o equilíbrio das polaridades, alcançando com mais facilidade na expressão humana e equidade divina no planeta da dualidade. Esses raios desses cristais ativados no planeta aumentam o poder de cura dos curadores, a bondade, a fraternidade e o amor incondicional. Esses cristais da grade cristalina estão relacionados com a grade 144.

Para tanto, o planeta Terra está vivendo uma ascensão, há muito esperado, e o sinal é a chegada da idade cristalina que iniciou concretamente em 9:9:9. Esse acontecimento recodificou e está recodificando a energia cristalina no planeta e nos humanos, mas também em todos os seres vivos, cada ciclo cósmico traz consigo transformações tanto para a Terra quanto para os seres vivos que habitam a Terra em sincronicidade.

Todos estamos vivendo um despertar há tanto tempo esperado, nisso aqui estão incluídos o aquecimento global e a modificação de uma infinidade de fenômenos ambientais, que estão acontecendo a nossa volta. A nova idade cristalina faz um chamado poderoso e intencional para os reinos mineral e cristalino aumentarem a energia que é recebida do centro da Terra.

Arkansas e Brasil compreendem as duas maiores massas do planeta que são composta de cristal de quartzo e outras formas de pedras preciosas. Devido a essa ativação, uma nova forma de portais está surgindo no planeta e, por semelhança, também novos chacras estão sendo ativado nos humanos.

Então a questão das datas triplas é bem interessante, pois as datas triplas são freqüência numérica, que estão ocorrendo sequencialmente neste formato abreviado durante os últimos 12 anos como:

01.01.2001 - 01:01:01
02.02.2002 - 02:02:02
03.03.2003 - 03:03:03
04.04.2004 - 04:04:04
05.05.2005 - 05:05:05
06.06.2006 - 06:06:06
07.07.2007 - 07:07:07
08.08.2008 - 08:08:08
09.09.2009 - 09:09:09
10.10.2010 - 10:10:10
11.11.2011 - 11:11:11
12.12.2012 - 12:12:12

A importância da grade é que cada portal de data tripla está programado, para ser o gatilho ativador de uma das superfícies da base dos 12 dodecaedros principais da grade cristalina 144, os quais têm sido ativados a cada ano desde 2001, e sua ativação total se dará em 2012, quando atingirá sua capacidade plena.

Esta cinética está impelindo e renovando a hélice de 12 filamentos do disco solar a restaurar a programação dos filamentos de DNA da Terra para 12 filamentos e também os dos humanos.

É por isso que em 9:9:9, este vórtice ganhou uma importância global maior com a abertura contínua do selo dimensional que mantinha a sabedoria atlante presa e no ano de 2009 iniciou o descerramento dos grandes cristais de Atlântida dimensionalmente selados por mais de 12.000 anos.

Isto explica o despertar da humanidade que começa a acontecer através do ativar de um número maior de chacras do que os sete físicos etéricos que conhecíamos até agora.

Ao relembrar o funcionamento interno dos corpos da humanidade, com toda a sua rede interligada de funcionamento (chacras, nadis e meridianos), e a semelhança que nele existe com o próprio planeta onde habitamos, podemos concluir que somos feitos á imagem e semelhança, como um filho é feito à imagem e semelhança do Deus Pai-Mãe.

Ao conhecermos um pouco da rede cristalina cósmica sagrada, importante frisar que a humanidade enxerga o universo a partir do túnel de seu ponto de vista único no tempo, e isso reduz a capacidade da humanidade de perceber o espectro total da realidade universal maior.

O pensamento divino é o criador primário de tudo o que existe, é a causa primária, posterior a esse acontecimento existiu um processo científico para o desenrolar da gênese, e essa é a causa secundária, mas intrincamente entrelaçado com o sagrado. Quando a aceitação do principio sagrado for combinado com a ciência exata, muitas portas vão se abrir e nós estamos no limiar de tal união integral.

A respeito do universo, cada vez mais os cientistas descobrem a existência de muitas terras, muitas realidades e dimensões internas dentro do Omniverso, de múltiplas partes daquilo a que nós chamamos de reino angélico conecta conosco no que é chamado de anti-materia. É uma realidade física virada ao avesso que cada fase possui milhares de camadas dentro e fora, como as que estão sendo usadas nos aceleradores de partículas, e isso é muito mais do que anti-matéria no sentido de íons de carga invertida.

A dimensão que nós chamamos de tempo não é uma via de mão única, ela não se move apenas para frente e para trás, mas para dentro e para fora também em programas holográficos de realidades dimensionais, no eterno agora do tempo simultâneo. Existem muitos universos no multiversos e todos foram formados pela causa primária. O entendimento da natureza sagrada e científica de um deles destranca a porta que leva aos outros, a humanidade está a um passo de fazer isso e nisto a uma vantagem tanto sagrada quanto científica, que é mais importante do que se possa imaginar, para abrir portas freqüênciaIs que levam a verdadeira origem e natureza da humanidade.

O que fornece coesão, gravidade e poder ao cosmo é uma força cósmica elétrica coerente, essa força é geométrica, é metatrônica, na verdade ela é uma forma de energia elétrica refinada com atributos cristalinos induzidos e é codificada com o divino.

Os avançados instrumentos de alta resolução de nossos cientistas têm permitido observar imagem e evidência, da filamentação e das estruturas celulares onipresente do plasma cósmico, e isto é um grande salto para um novo entendimento. Ele está levando a uma descoberta indispensável: ele aponta para a eletricidade cósmica e essa eletricidade cósmica extraterrestre é carregada dentro de uma estrutura cristalina.

Os telescópios avançados de nossos cientistas revelam faixas de correntes elétricas alimentando o centro da galáxia espiralada, a via láctea, isso em termos elétricos. Os filamentos são as linhas de transmissão do poder cósmicos que alimenta o plasmóide no centro da galáxia, e nem uma das teorias gravitacionais levou isso em consideração.

A nossa galáxia, que tem forma espiralada, contem uma esfera maior de cargas positivas superposta por uma esfera interna menor que contem cargas negativas. E do centro da galáxia até o sol e os planetas tudo é carregado eletricamente, até o próprio grande sol central é o foco de uma grande descarga elétrico-cristalina cósmica e é a fonte de toda energia radiante. Todos os corpos astronômicos são objetos inerentemente carregados imersos num universo que é uma trama eletromagnética-cristalina.

Essas cargas dinâmicas aparecem em áreas de todos os corpos galácticos, surgindo da separação plasmáticas entre íons positivos e negativos numa escala galáctica na realidade. Essas forças eletromagnéticas desempenharam um papel crucial esculpindo as superfícies e dando forma ás órbitas dos corpos de nosso sistema solar. As descargas eletrocristalinas criaram a forma e constituem a causa secundária de nossa evolução universal. Não foi o Big-Bang como podemos perceber, e muito em breve os cientistas neste planeta farão essas descobertas, pois isso era conhecido dos povos que viveram na antiga Atlântida.

Ela é uma fonte onipresente de energia que é intradimensional e imensurável pela sua tecnologia atual. A energia da pulsação cósmica ocorre em dois formatos, um como um duto de corrente, e outro como uma grade treliça, uma grade viva e senciente.

O cosmo contem aquilo que pode ser chamado de circuito elétrico cristalino no interior do plasma ativo das galáxias e intra-espaço. Este circuito alimenta o centro de nossa galáxia. Ele funciona num espectro não diferente da luz; ele oscila e gradualmente se intensifica e reduz nas realidades dimensionais e em outros universos. Na verdade, ele é a cola que os mantêm unidos. Este plasma intradimensional produz uma corrente que é cristalina, porque é produzido pela estrutura cristalina da rede cósmica geométrica. A grade galáctica, a medida que o planeta se aproxima da ascensão, esta corrente eletro cristalina se apronta para desempenhar um papel muito importante, na elevação da freqüência cristalina da Terra e também da humanidade, ela faz parte da porção cristalina do impulso cósmico. Esta corrente está sendo codificada com uma espiral invertida que é indispensável não só para o planeta como para a elevação da humanidade para a 5ª dimensão, para isso é imperativo o uso das chaves metatrônicas.

Concluímos que da mesma forma que a Terra é um ser vivo senciente, assim também cada uma das galáxias dentro dos multiversos possui uma sensibilidade consciente, inteligente. Mas é uma sensibilidade muito mais avançada, uma sensibilidade refinada exponencialmente mais elevada. É por isso que a Terra está dentro de uma matriz galaxial geométrica.

A pulsação cósmica provem da grade cósmica galáctica. Agrade galáctica de nossa via láctea com seu formato espiralado é o servidor da criação que permite que tudo o que está dentro de sua esfera de influência se expanda, dinâmica e criativamente, exatamente como faz a grade planetária em desenvolvimento no nosso planeta.

A grade cristalina 144 é energizada através da pulsação cósmica, espiralada da grade galáctica e no equinócio de 20 de março de 2010, a grade foi formatada de modo a permitir uma porção maior de pulsação cósmica na Terra. Através de uma expansão focalizada no seu formato geométrico, a eletricidade cristalina que terá permissão para fluir será recebida no centro do planeta, e uma espiral invertida será emanada para fora, possibilitando a expansão do veiculo da forma da aura humana.

Os seres humanos possuem uma energia aurica, a geometria superior desse campo aurico precisa ser elevado ao cristalina, ele se desenvolverá para um formato magnífico chamado merkivah que é metatrônico. Ele permitirá que o humano divino suporte as freqüências superiores que chegam ao planeta por intermédio da grade cristalina 144, através da pulsação cósmica. Nesse processo, ele elevará o DNA de uma forma magnética para um formato cristalino e isso já está acontecendo agora. Todas essas mudanças que estão ocorrendo, ativam as emissões cristalinas, que formarão o aspecto cristalino do novo firmamento planetário em desenvolvimento.

site.google.com

segunda-feira, 26 de julho de 2010

STONEHENGE É MALHA MEGALITICA TERRESTRE

STONEHENGE

"O mundo todo foi disposto segundo um esquema cósmico," explica o decano britânico de Mistérios da Terra, John Michell. A cultura megalítica realizou sua engenharia espiritual por meio dos templos de pedra ao ar livre. Posicionados geomanticamente em centros de Cúpula, esses templos ao ar livre (por exemplo, na Grã Bretanha, Stonehenge, Maiden Castle, Arbor Low, Rollright Circle, Maes Howe, e muitos outros) funcionavam como "estação receptora de influências diretas vindas de constelações celestes e energias da Terra" unindo, assim, Céu e Terra. A Grã Bretanha pré-histórica era um epicentro dessa engenharia de consciência megalítica, sendo uma terra de "centros intimamente ligados e intercomunicantes," acrescenta Michell, "comprometidos com o mesmo programa científico." Em parte caracterizando a Grã Bretanha moderna, Michell observou: "Um grande instrumento científico ocupa toda a superfície do globo. A grandeza da engenharia pré-histórica ainda não é geralmente reconhecida."

Embora a sofisticação da engenharia megalítica "pré-histórica" ainda possa permanecer em grande parte desconhecida, certamente seus resquícios ainda abundantes e visíveis não vão passar despercebidos. A extensão e abundância de locais megalíticos remanescentes na Grã Bretanha por si só impressionam. Estima-se que ainda há mil câmaras de pedra, pelo menos 30 mil túmulos, 900 círculos de pedra, três mil fortes em colinas e incontáveis milhares de pedras isoladas, todos em estados variados de decadência e negligência. Os nomes dados à panóplia científica da engenharia megalítica são também múltiplos e vários: dólmen, monumento, menir, disco, figura de colina, fogou, souterrain, cairn (montes de pedras sobre túmulos), cadeia de pedras, torre redonda, pirâmide, brugh, sepultura em galeria, campo pavimentado, anel-e-fosso. Trata-se de algumas das muitas ferramentas geomânticas de precisão usadas em consciência-tecnologia antigamente empregadas pelos mestres geomantes de Gaia.

O contexto dessas aplicações de engenharia megalítica era a interface entre o campo eletromagnético nativo da Terra e a Malha 1746 Eletromagnética, que atuava rearranjando o campo magnetizado da Terra e utilizando sua energia. A Terra é rodeada por um campo magnético unificado e dentro dele ela se comporta como se fosse uma bola de ferro magnetizado, com pólo norte e sul. Trata-se de um campo flutuante, apresentando alterações diárias da força geomagnética total (de 0,0002 gauss, no Equador, a 0,0005 gauss nos pólos, e variação de intensidade diária geomagnética de 20-50 gamas). A maioria dos cientistas atribui essas variações ao Sol; erupções solares e tempestades magnéticas, acarretando, dessa forma, situações geomagneticamente traumáticas na Terra. Além disso, a polaridade de campo geomagnética, verificada no decorrer do tempo, altera-se com freqüência, tendo talvez se alterado várias centenas de vezes no correr da longa história da Terra (calcula-se que a cada 230 mil anos), provocando tremendas alterações biosféricas e geológicas e a extinção de formas de vida.

O imenso e oscilante campo eletromagnético da Terra é a Mãe de nossos próprios biocampos humanos, eles mesmos, por sua vez, Mãe dos biocampos de nossos órgãos individuais. Ele faz as vezes de um útero de energia primordial dentro do qual todas as formas vivas da Terra sorveram sua nutrição e seu sustento enérgico contínuo. Num sistema de ecologia magnética, os ritmos de energia humanos guiam-se por variações no campo magnético da Terra; desse modo, os biorritmos humanos são condicionados por flutuações geomagnéticas que funcionam como nossos cronômetros, moduladores, reguladores, e, caso usados corretamente, curandeiros.

Os antigos druidas da Grã Bretanha, assim como os antigos mestres de feng shui da China, compreendiam esses múltiplos laços de energia e sabiam trabalhar harmoniosa e criativamente com o fluxo de pulsos eletromagnéticos interdependente e multidirecional para manter a saúde individual, a cooperação comum e paz a mundial. Seu contexto era a Malha Megalítica Terrestre e seu método a tecnologia de consciência. O segredo geomântico dos druidas era compreenderem a Malha como um induzido supermagnético.

Seguindo o Princípio da Correspondência de Hermes, o motor elétrico moderno é uma versão em escala menor do mecanismo de conversão de energia da Malha da Terra. Os princípios básicos de projeto do motor elétrico ilustram esta realidade. O motor elétrico apresenta três partes básicas, pertinente a este modelo de Malha: o induzido, imã estacionário e comutador.

O induzido é a parte do gerador elétrico, dínamo ou motor na qual é produzida a energia elétrica. Normalmente é um núcleo de ferro macio revestido de fios isolados que produzem um campo eletromagnético em resposta a uma corrente elétrica que entra. O induzido é a bobina principal, giratória, condutora da corrente, atuando como um eletroímã induzido. O induzido em espiral reage com o imã estacionário, de fato criando seu campo magnético. Quando o induzido gira entre os pólos recém-estabelecidos do imã, isto gera a força eletromotriz, ou energia — a finalidade do motor. O comutador direciona (e altera) o fluxo da corrente elétrica primária proveniente do gerador, seja com corrente direta, seja com corrente alternada. A força eletromotriz gerada pela rotação do induzido num campo magnético proporciona a fonte de energia.

Dessa maneira, a eletricidade em movimento produz um campo magnético que, ao atravessar um campo elétrico de imã, produz força eletromotriz. Se a direção da corrente elétrica for alterada pelo comutador, os pólos inverterão a direção quando o induzido, de forma correspondente, mudar sua direção de rotação. Uma força de corrente direta constante produz um campo magnético inalterável, ao passo que uma corrente alternada faz com que o campo magnético se inverta sempre que a corrente for invertida.

Portanto, a Malha é um induzido supermagnético. A Malha de Linha 15 Orobórica é o induzido em espiral. O sutratma de Linhas Oroboros douradas/prateadas entrelaçadas que entra no Círculo de Avebury representa o comutador, o canal da corrente elétrica ora positiva, ora negativa que produz o eletroímã no induzido Oroboros. O induzido Oroboros produz o campo eletromagnético no imã estacionário da Terra, reagindo com seus condutores nativos minerais, cristalinos e de pedra. "O núcleo da Terra, composto principalmente de ferro fundido, conduz correntes elétricas que se ampliam, acompanhando os campos magnéticos," explica Hurtak, "quando ondas de energia bombardeiam as áreas polares da Terra."

A força eletromotriz é retirada por meio dos centros da Malha 1746 Eletromagnética que fazem interface com os fluxos elétricos/telúricos naturais do campo magnético da Terra. Essa interface era o posicionamento inteligente do hardware megalítico (por exemplo, pirâmides ocas, com cimo de cristal de 30 metros de altura) nas caixas de junção chave da Malha num programa de tecnologia de consciência aplicada que rearranjou o padrão de campo magnético nativo numa Malha de energia viável da qual seria possível extrair de graça suprimentos inesgotáveis. Esta é a base da ciência paisagística sagrada druida louvada por Michell.

A Malha 1746 Eletromagnética é o projeto da matriz de energia do Engenheiro de Malha planetária, seu mapa de trajetória Con Edison (empresa de fornecimento de energia elétrica). A tecnologia de cristais avançada da Atlântida, por exemplo, representava o "dispositivo" ligado a este sistema de energia gratuita sorvendo virtualmente reservas infinitas de energia para capacitar a civilização (o aspecto tecnológico) e ao mesmo tempo promover a evolução espiritual da humanidade (o aspecto da consciência). (13*) A força eletromotriz não se torna disponível, em termos funcionais ou conceituais, sem esta fusão espiritual/científica expressa na forma de tecnologia de consciência e que provém da perfeita compreensão da interface humano/Malha. Os dispositivos de energia de Malha eram, e continuam sendo, uma fusão na forma de engenharia espiritual. Os Engenheiros Mestres de Malha eram, e continuam sendo, os Cavaleiros do Santo Graal. Dessa forma, a Malha é revelada como o contexto no qual consciência e tecnologia são harmoniosamente integradas num Tai Ch’i planetário visando à iluminação do humano e da Terra.

De acordo com este modelo de motor elétrico simples da Malha da Terra, as tão profetizadas mudanças da Terra, possível inversão do campo geomagnético e dos pólos, até mesmo o apocalíptico Segundo Advento de Cristo, estão todos encerrados na função do comutador de Malha.

Entre inversões de campo geomagnético, a Malha parece funcionar como um motor de corrente direta, com fluxo estável de eletricidade unidirecional. Mas com a iminência das Mudanças da Terra e inversão de campo, subitamente parece que a Malha é, na verdade, um motor de corrente alternada, simplesmente com longas pausas entre as inversões de campo.

Uma alteração da polaridade da corrente elétrica que flui pelo comutador de Malha em Avebury significa, em essência, a introdução de um novo espectro eletromagnético de Luz/Vida/Consciência na Terra, o aprimoramento de nossos parâmetros de vida física por meio de uma eletrificação literal da matéria — a biosfera, a noosfera, e todos os nossos corpos de Malha — fazendo-nos entrar na quarta dimensão, no reino da antigravidade. Tudo será transfigurado em termos vibratóriosAssim no Alto como Embaixo — do Cristal de Evolução Estelar ao Cristal Poliédrico da Terra às moléculas humanas de DNA e ATP. Acontecerá unilateralmente, instantaneamente, sincronicamente.

A mensagem primária que a realidade da malha está nos transmitindo é a seguinte: somos todos um único corpo vibratório cristalino — galáxia, sistema solar, Terra, humano.

www.eurooscar.com

domingo, 25 de julho de 2010

A MUDANÇA DA QUARTA DIMENSÃO [Primeira Parte]

Marie: Ao mencionar o Código da Bíblia, você disse que a Terra e seus habitantes passaram com êxito quatro testes difíceis (Israel, Kosovo, Rússia e novamente Israel) para evitar outra destruição do planeta. Você mencionou também que tínhamos de passar em 11 desses testes para alcançar a paz eterna, o nirvana e assim por diante. Poderia falar mais sobre isso?

Drunvalo: Todos esses testes encontram-se registrados no próprio Codigo da Biblia.  O primeiro ocorreu em 1998, época na qual o Código da Bíblia disse que Jerusalém seria destruída por uma bomba atômica. Ele descreveu exatamente o nome da pessoa, um russo, a artilharia atômica, de onde veio, etc. E isso não aconteceu por que um grupo de 12 israelenses, que sabemos agora serem crianças, modificaram todo aquele acontecimento.. E finalmente voltamos a Israel para tentar alterar exatamente o padrão que estava causando tudo isto. Foram 72 israelenses adultos — como os 72 nomes de Deus — que se reuniram, e tiveram êxito.

Fizemos uma roda da medicina para primeiro produzir chuva porque há meses eles não tinham chuva e estavam enfrentando uma seca, mas a chuva na verdade foi mais um sinal. Não chovia — não havia nenhuma possibilidade de chuva (pelo que sabiam as pessoas), mas assim que eles terminaram de fazer esta roda da medicina, dentro de quatro horas as nuvens incharam e choveu num raio de 240 quilômetros durante mais de três dias. Foi o sinal que mostrou a eles que estavam no caminho certo.

A segunda parte era produzir a paz entre israelenses e palestinos, que são o cerne de todos os problemas. Sete dias depois, começaram a assinar todos os acordos, que, segundo se diz agora, são os acordos mais claros e poderosos que Israel já assinou com a Palestina. Veremos no que vai dar tudo isto. Não acabou.

Os que estudaram o Código da Bíblia sabem que tudo o que já aconteceu no passado, no futuro ou no presente já está escrito, e nunca encontraram uma incorreção até 1998, quando depararam com um erro.

O Código dizia: "vocês mudarão isto." Foi a primeira vez que se sugeriu que existia livre-arbítrio. O Código da Bíblia menciona certos lugares que devem ser alterados para que sobrevivamos, não apenas sobrevivamos, e sim sobrevivamos bem, para que voltemos a estar em harmonia com o ADN cósmico.

Finalmente, em relação as 12 crianças de Israel que realizaram a primeira mudança mundial conhecida na história utilizando o Código da Bíblia, elas deixaram uma declaração que escreveram numa pedra, em hebreu: "Se não for simples, simplesmente não é para ser," o que significa que elas decidiram que se não houver uma inocência, uma simplicidade nas ações do mundo, elas simplesmente vão eliminá-las."

Marie: Em Omega neste verão, você nos disse que foram realizados Testes Nucleares para o governo mundial e não necessariamente para a França. Se olhássemos os chakras da Terra, o Egito seria seu coração, o Taiti...?

Drunvalo: Não. O Egito é a mente da Terra. O coração, na verdade, está no México, e alguns dizem na Colúmbia. O Taiti/Morea fica no Pólo Sul feminino da malha Crística e foi por isso que fizeram lá os experimentos nucleares. A área que fica dentro do toro tubular que se eleva naquele local entra exatamente no centro do raio da Terra. Foi por isso que a chamei de útero — entra direto no aspecto pessoal particular da Terra. E eles explodiram as bombas, bem neste centro.

Mas a Mãe Terra reagiu à bomba e alterou a geometria da Malha  [imagem acima]fazendo com que passasse de aproximadamente 1,8 metro de espessura a um campo super tênue de 3 átomos. Ela tornou a malha fortíssima, desse modo não poderiam desarranjá-la. Ela está agora mais forte que nunca.  A Terra desde então está muito forte. Tudo tem mudado.

Além da Respiração de Unidade e das orações, excelentes para curar a Terra, recomendo ligar-se verdadeiramente à Mãe Terra e realmente falar com ela. Deixem que Ela os use, entre em vocês e use seu corpo e palavras para criar o que bem quiser. É o que faço. Simplesmente deixo que Ela me use, em muitas, muitas ocasiões, especialmente quando estou trabalhando com poluição. Ela é um Espírito muito real — é sua mãe, e se vocês se abrirem a Ela, ela poderá entrar e usá-los de forma muito poderosa. Foi isso o que Madre Teresa fez, sendo abnegada.

Mas não estou muito preocupado com o que aconteceu agora no Taiti e Morea. Acredito que tudo tenha sido sanado. As coisas estão indo muito, muito bem. As pessoas apenas precisam confiar em si mesmas, acreditar em Deus e na Mãe Terra e deixar que Deus e a Mãe Terra trabalhem por intermédio delas, permitir que orientem suas vidas, não que as controlem de fato, e sim que orientem suas vidas.

Marie: A Deusa Amaterasu e a Mãe Terra são a mesma energia, ou estamos falando de dois seres diferentes?

Drunvalo: São dois seres diferentes. A Mãe Terra é o espírito da Terra. Amaterasu é o espírito do Sol, ou seja, o aspecto feminino do espírito do Sol. O Sol é masculino, mas tudo é polarizado, tudo tem uma parte masculina e uma parte feminina. E ela é a parte feminina da luz. Quanto à Terra, é mais uma energia masculina, mas é a energia que vem e se desloca por meio da Mãe Terra, trazendo consciência e vida. Só que o espírito de Amaterasu na verdade é vinculado à luz do Sol.

Marie: Que tipo de energia o Sol está nos trazendo agora? De que forma as Erupções Solares afetam nossa vida cotidiana?

Drunvalo: Bem, sei que estamos apenas chegando à erupção solar máxima, muito rara, porque é intensa. Acho que ninguém sabe — e eu realmente não sei — a amplitude do papel que o Sol está desempenhando neste momento em tudo disto. As erupções solares afetam nossas vidas cotidianas de todas as maneiras terrenas. Afetam satélites, afetam nossas emoções, e assim por diante, mas também afetam a natureza da luz que está chegando a nós, que é mais ou menos o jeito como o DNA se desdobra. E nesses níveis quase ninguém realmente entende tudo o que se passa, eu tampouco. Sei apenas que o que está se passando no Sol é muito importante.

Marie: Mas o aumento da loucura do mundo se deve às erupções solares?

Drunvalo: Pode ser, mas acho que se deve mais ao fato de estarmos nos aproximando da consciência de quarta dimensão que naturalmente se move a uma freqüência bem mais rápida do que aquela na qual nos encontramos agora. Na verdade embora não o tenha anunciado publicamente, já tenhamos passado à quarta dimensão. E que recriamos o mundo, pois este é um caminho árduo. A razão  disto é que o número de paranormais do mundo está aumentando a taxas fenomenais. Tudo o que eles pensam e sentem acontece, o que é uma característica da quarta dimensão.

Marie: Pensei que a quarta dimensão fosse na verdade um túnel para a quinta; ou seja, passamos depressa pela quarta, para alcançar a quinta.

Drunvalo: Não, ficaremos na quarta durante muito tempo. Não entramos na área da quarta da qual falei na Flor da Vida, porque quando o fizermos, nossos corpos serão transferidos. Então estaríamos numa espécie de estado de transição.

A outra razão pela qual tenhamos entrado na quarta dimensão, é que a Mãe Terra — segundo todos os povos nativos do mundo com os quais conversei, e a partir de minha própria experiência pessoal — tinha entre dois e seis anos de idade; para mim ela estava mais para seis anos mais ou menos. A Terra em si é espírito, é como uma criança pequena. E no último ano, quando a invoco, e quando outras pessoas que conheço fazem o mesmo, ela tem cerca de dezoito anos. Ela de certa maneira cresceu muito, muito depressa. E neste momento está muito inteligente mesmo. É totalmente diferente de lidar com a Mãe Terra de alguns anos atrás. A única explicação que posso dar é que entramos em outro nível de consciência da Terra.

Marie: Você mencionou que se sete por cento da população alcançarem a consciência, toda a população a adquiriria. Nós alcançamos essa consciência, que permitiria à Mãe Terra crescer bem rápido?

Drunvalo: Na propaganda, trata-se somente de um fato que foi observado, caso se tente vender algum tipo de alimento novo ou algo assim — digamos o alvo seja os Estados Unidos — o produto continuará basicamente desconhecido até que sete por cento da população tome conhecimento dele. Assim que sete por cento da população tomar conhecimento desse produto, no dia seguinte, cerca de 98 por cento da população o conhecerá. E não se sabe como isso acontece — só se sabe que acontece. Dá um salto num período de 24 horas. E da mesma maneira, qualquer coisa que se estiver tentando fazer com que seja aceita, seja um produto, espiritualidade, seja qualquer outra coisa, quando sete por cento da população tomar conhecimento dessa coisa, na manhã seguinte, 98 por cento da população a conhecerão.

Marie: Mas no México você não disse que havia cem pessoas no solstício de verão, e no ano passado havia 40 mil?

Drunvalo: Isso foi em Chichen Itza em l985, quando compareceram menos de 100 pessoas, a sombra que dá forma à cobra. Desce pela pirâmide chamada Castelo. E em 1995, dez anos depois, havia umas 40, 42 ou 43 mil pessoas.

Marie: Você não interpreta esse fato como um grande salto na consciência do mundo?

Drunvalo: Mostra que há uma imensa consciência do mundo nos arredores de locais sagrados. Mas não sei se atingimos os sete por cento, se é que isso é o necessário. Simplesmente não sei estas coisas. Definitivamente existem algumas circunstâncias incomuns se difundindo hoje que me fazem cada vez mais sentir que já realizamos uma transição específica. Se realizamos uma transição específica, isso significa que qualquer coisa é possível neste momento. E estou dizendo que absolutamente qualquer coisa é possível. E quando as pessoas passarem a entender que tudo que pensarem e sentirem acontecerá, então os fenômenos psíquicos começarão a aumentar, o que está acontecendo agora. Os fenômenos psíquicos e o número de pessoas envolvidas em fenômenos psíquicos estão aumentando a uma taxa simplesmente incrível — indicação definitiva da quarta dimensão.

Pois os fenômenos psíquicos não significam sabedoria; significam apenas compreensão mental da relação do mundo exterior com o mundo interior. Dessa forma, você pode ter poderes psíquicos e não ser uma pessoa muito legal. Isto é perigoso porque a China e a Rússia, que estão igualmente envolvidas nesta situação, por exemplo, estão usando seus poderes psíquicos destas crianças na guerra. E nós entramos numa guerra psíquica. Já estamos nela há vários anos, mas está ficando cada vez mais intensa. E a China está roubando todos os nossos segredos de nossos computadores, usando as crianças paranormais, e estamos tentando dizer que é gente daqui dos Estados Unidos, mas não é o caso. E a Rússia sem dúvida é capaz de entrar em qualquer computador do mundo e tirar dele todas as informações, a partir de uma sofisticada interligação Merkaba entre a Merkaba e Tatwa? que estão usando na Rússia.

Estamos profundamente envolvidos em pesquisa psíquica desde o início da década de 1970. Mas isto vai muito além de qualquer coisa que eles jamais sonharam naqueles tempos. Quero dizer, o tipo de coisas que fizeram no experimento Montauk e no experimento Foldof, por exemplo, estão atrasados em relação àquilo de que estamos falando agora. Estou falando sobre poderes psíquicos que se manifestam em pessoas normais, comuns. Somos capazes de fazer coisas que estão surgindo agora. Estamos aos poucos percebendo que tudo o que pensamos e sentimos pode se manifestar diretamente no mundo exterior.

Marie: Em Ômega e Earth Sky, você falou sobre a importância das glândulas Pineal, Pituitária e do Timo. A transcrição é a seguinte:

Drunvalo: A glândula pineal é o seu terceiro olho. Jacob Lieberrnan, autor de Light, the Medicine of the Future (Luz, Medicina do Futuro) é um proeminente especialista mundial em luz, juntamente com Malcolm Lillywhite. Ele descreve a glândula pineal como um olho, literalmente. Trata-se de uma bola redonda, oca, com receptores de cor dentro, e apresenta uma lente virada para cima. Seu campo de visão é voltado para cima — não consegue ver para baixo como nossos olhos.

Embora não exista documentação científica, acredito que a glândula pineal — assim como nossos olhos — é capaz de ver 90 graus no horizonte. Ou seja, nossos olhos podem olhar para cima e também em volta. A glândula também pineal consegue fazer isso. Existem três campos primários de visão: um que sai diretamente do topo até a coroa, outro a um ângulo de 45 graus, pois há outra glândula aqui, a pituitária, e o último direto para o horizonte.

Sua energia psíquica superior se manifesta quando a glândula pineal olha através da glândula pituitária. A glândula pineal é a chave de toda energia psíquica; estou convencido disto. Existem seis raios de luz que saem de sua glândula pineal, e se vocês souberem onde eles estão e como ajustá-los, poderão aumentar tremendamente sua capacidade psíquica. Como a maioria das pessoas irradia em vez de ser, estes pequenos raios retos de luz são todos achatados, curvados ou tortos. São todos bagunçados, em quase todo o mundo.

É possível endireitá-los em apenas dois ou três minutos. É facílimo e também dará um jeito em todas as suas dores de cabeça. Mesmo que vocês tenham enxaquecas, elas desaparecerão na maioria dos casos, a menos que uma doença cause as dores de cabeça, e então é preciso curar a doença. Se for dor de cabeça provocada por tensão, ela sumirá . A pineal é fundamental.

Se vocês lerem o livro The Super Psychics of China (Os Superparanormais da China), descobrirão que a maioria das crianças da China que são paranormais, bem como no mundo todo, são mulheres. A proporção é de cerca de 80 a 85% de mulheres para 20 a 15% de homens. Descobriram que as crianças se tornam paranormais ao redor de cinco, seis, sete, oito anos de idade, e suas capacidades paranormais continuam aumentando até as meninas menstruarem pela primeira vez, ocasião na qual suas capacidades paranormais diminuem. Acontece o mesmo quando os hormônios masculinos começam a atuar; as capacidades paranormais dos meninos também diminuem. Nem sempre, mas é a regra geral. Não sabem por quê, mas acho que descobri a razão.

Na época da puberdade, desenvolvemos ao redor da glândula pineal um escudo de cálcio. Um osso de cálcio, cresce uma esfera ao redor da pineal, bloqueando estas energias. O peso do escudo da glândula pineal determinará a qualidade das capacidades paranormais da pessoa. Por que fazemos isso, eu não sei.

Fim da transcrição da Primeira Parte

A MUDANÇA DA QUARTA DIMENSÃO [Segunda Parte]


Marie: O que mais podemos usar para desenvolver a glândula pineal e o timo, além de perguntar diretamente a Deus?

Drunvalo: A principal coisa que descobrimos são os raios de luz que saem da glândula pineal. Existem seis raios principais e mais dois ligados à pineal, fazendo um total de oito. Quando as pessoas entendem o que eles são, corrigem-nos e trabalham com eles, a pineal se cura. E as capacidades psíquicas se manifestam de forma dramática. Na realidade, um dos raios liga-se diretamente da pineal à pituitária. Esta é a última chave — a pessoa une essas duas coisas. Então começa a ver de uma nova maneira.

Marie: Em alguns locais, como Key West, algumas pessoas viram UFOs vertendo chuva ou provocando furacões. Ouviu falar de uma coisa assim?

Drunvalo: Não, não ouvi, não em Key West. Os avistamentos de UFOs estão aumentando, e a CBS relatou o seguinte: foram avistados mais UFOs no ano passado do que em qualquer outra época da história. E os avistamentos ainda estão aumentando. Não estou muito preocupado com UFOs neste momento. Sinto que grande parte dessa energia foi equilibrada, e que os mais de 200 mil UFOs/culturas extraterrestres que estão aqui estão trabalhando juntos. Sinto-me muito confiante de que realmente não há problema algum nisso tudo. Eu realmente penso que as pessoas devem compreender que o que realmente pensarem, sentirem e acreditarem será criado em seu mundo. E se passarem a acreditar nesse tipo de teoria, vão vivê-las. Vocês precisam entender que a galáxia é organizada e estruturada há bilhões de anos, que a vida existente lá fora é amorosa, que está trabalhando em conjunto, que eles nos vêem como crianças e estão fazendo o possível para nos ajudar.

Marie: Todos os terremotos, desastres naturais e assim por diante, pelos quais estamos passando agora, são provocados principalmente pela necessidade de a Terra eliminar a negatividade na qual vivemos, ou são com bastante freqüência provocados pelo governo de elite?

Drunvalo: O governo de elite realmente tem dispositivos capazes de criar terremotos em qualquer parte do mundo que quiser. Eu estava precisamente na Rússia e conversei com os cientistas de lá. Eles podem pegar uma plantação com uma forma fora do comum, e fazer chover ou nevar apenas nessa plantação e em nenhuma outra parte nos seus arredores. Eis a que ponto conseguem controlar o tempo.

Marie: Mas se precisamos passar a esta outra dimensão, não precisamos nos desprender , e que maneira melhor do que com um terremoto?

Drunvalo: O mais importante neste momento é que a Terra é um tipo de microcosmo/macrocosmo disso tudo. Precisamos curar o ambiente — isso é muito — pois estragamos tudo e somos responsáveis por curar e acertar o que estragamos antes de pensarmos em sair aqui. E em segundo lugar, não poderemos realmente curar o ambiente exterior nesses níveis se não curarmos nossas famílias. É preciso que a mãe, o pai e o filho sejam equilibrados, porque esta é verdadeiramente a fonte de todos estes desastres que estamos enfrentando.

As crianças novas estão chegando. As famílias não as entendem. Parece, com base em toda a pesquisa que as pessoas estão fazendo, que as novas crianças estão curando sua mãe e seu pai por meio de sua mera presença. Então, talvez elas façam isso sozinhas, mas, ainda assim temos de mudar o que aconteceu aqui.

Está acontecendo nos quatro cantos do mundo. Estou convencido de que a chave é que mãe, pai e filho precisam passar a ter um relacionamento sagrado. A mãe deve ver o pai e o filho como pessoas santas e sagradas. O pai deve ver a mãe e o filho como pessoas santas e sagradas. E então o filho poderá ver a mãe e o pai como Deus, que é como deve ser, como seres sagrados. Nesse ponto, o filho poderia observar o quarto mandamento, honrar pai e mãe.

Marie: Você não mencionou o governo secreto em dezembro. É porque, em vista de seus cinco assuntos preferidos, ele já passou a coisa do passado?

Drunvalo: Já não me preocupo com o governo secreto. Eles também compreendem o quadro maior agora. Têm de se proteger como entidade, não há nenhum problema nisso. Mas estão percebendo que não conseguem pensar e se deslocar da mesma forma que antes. Sabem que toda a vida no planeta está interligada de uma forma que não pode ser eliminada. Então, suas manobras também estão considerando o quadro maior.

Já não existem segredos. O governos, os chineses, os americanos, os japoneses, os russos, os governos sozinhos podem entrar direto na mente de qualquer pessoa, qualquer computador, de qualquer coisa, e pegar as informações. E agora temos — quem sabe quantas? Digamos cem mil crianças identificadas na China. Existem pelo menos de 60 a 100 milhões de crianças que realizaram alterações de DNA, e não sabemos quantas, mas está na casa dos milhões e milhões — não há como deter isso.

Na minha opinião, todas estas crianças estão correndo rumo a um tipo de convergência, de alguma maneira elas vão se unir, e quando o fizerem, assumirão o controle do mundo. E não existirá nenhum governo nem religião que terá poder sobre elas. Elas farão o que sabem ser melhor. E realizarão seja qual for o propósito sagrado de sua presença aqui, o qual acredito se curar este planeta, e eliminar toda a ganância e egoismo que já existiram neste planeta.

Marie: Está falando das crianças Índigo?

Drunvalo: Não, todos os três, o hemisfério cerebral esquerdo, o hemisfério cerebral direito, e as crianças físicas da Terra, todas as três raças. É um plano — não existem acidentes em lugar nenhum. Tudo isto será discutido no Torah. Se vocês realmente quiserem rastrear as origens disso tudo, poderão ver o que acontecerá no futuro. Mas, eu nem mesmo quero fazer isso. Sei que o que está se passando aqui é total, completo e perfeito. É impecável. Só o que temos a fazer é simplesmente relaxar e começar a aprender a amar uns aos outros novamente.

Marie: Almine disse que estamos prestes a criar um décimo terceiro universo, que fomos para um universo paralelo e estamos a ponto de criar um novo em folha.

Drunvalo: Doze se basearam na oitava... Entendam, há tantas coisas das quais nunca falamos. Os 144 universos e os doze universos primários criam uma oitava, e então há um número infinito de oitavas sobre ela. Isso baseia-se apenas numa escala harmônica. Há mais de 200 outras estruturas harmônicas, tendo todas elas universos associados a si. E nem chegamos a falar sobre elas. Existem apenas certas harmonias possíveis — não há outras harmonias; existem somente certas possíveis. Elas simplesmente são o que são.

Marie: Finalmente, você mencionou que as novas crianças nascidas a partir de 1972 têm um fígado capaz de metabolizar essas comidas não muito saudáveis! Essas crianças Índigo também são protegidas contra o cloro e outras substâncias químicas às que estamos sujeitos? Nesse caso, e nós todos, acima de 25 anos!?

Drunvalo: A mais velha dessas novas crianças documentadas no mundo nasceu em 1974, mas acredito que a primeira nasceu em 1972, porque... Quanto ao restante de nós, se originalmente eles encontraram apenas crianças que tinham estas características, estão agora descobrindo que adultos alteraram o próprio ADN e seguiram as crianças. Então, estão aparecendo adultos — muitos — com as mesmas características das crianças. Então, trata-se obviamente da teoria do centésimo macaco, surgiu a idéia de que é possível a qualquer ser humano, em qualquer idade, transcender este ponto, passando ao mesmo nível destas crianças.

Marie: Com toda a tensão qual é a melhor técnica por você recomendada para ficar acima disto tudo?

Drunvalo: Meu método é basicamente um método hindu. Simplesmente não me apego ao mundo exterior nem a nada. Trabalho para Deus. Faço o melhor que posso, e então dou a Ele os resultados. E cabe a Ele — ou Ela — aceitar os resultados. E como não estou preso ao resultado, não tenho de me preocupar se tive sucesso ou fracassei.

Marie: Mas estamos falando de tensão. Como nos livrar da tensão?

Drunvalo: É daí que vem a tensão. A tensão vem de tentar alcançar, tentar fazer algo, tentar acompanhar o que acontece no mundo, a velocidade do mundo, e tentar realizar, produzir resultados, etc. E eu me preocupo. Estou aqui mas não estou aqui. Faço todo o possível, mas no final, entrego os resultados a Deus, sejam quais forem. E isso impede que eu fique tenso. Porém, isso não me ajuda com coisas que me estão próximas, como meus filhos, ou sua família, as pessoas que lhe são muito chegadas, relacionamentos e coisas do gênero. É difícil fazer isso, embora eu saiba que é verdade. É fácil para mim agir assim com coisas grandes — o público ou qualquer coisa lá fora no mundo ou com as viagens que faço — posso simplesmente passar batido por tudo isto. Não me afeta.

Marie: Mas seu segundo livro** e seu prazo final — não é uma tensão?

Drunvalo: Não realmente. Vou terminá-lo quando terminá-lo. Realmente estou fazendo o melhor que posso; não posso fazer mais. Não estou sendo folgado nem nada. Vou terminá-lo quando for a hora. Então não estou sendo afetado pela pressão do mundo e além disso estou compreendendo a lição do Torah. É importantíssimo, porque o Torah mostra claramente que o passado, o presente e o futuro já aconteceram. Então para que nos esfalfar?

Sei que estamos indo cada vez mais rápido. Acho que o que vamos ter de fazer, além do que acabei de dizer, é aprender a mudar marchas. Teremos de aprender a aceitar muitas imagens rápidas em nossas vidas como coisa normal, em vez de pensar que são muito rápidas e estão sobrecarregadas. É como assistir à televisão, se assistíssemos à TV, digamos, da década de 1950, seria realmente lenta para os tempos modernos, em especial para as crianças, apenas (vum vum vum) — uma velocidade altíssima. Porque é para onde estamos indo. E o problema, em parte, das crianças Índigo é que as escolas estão indo tão devagar que elas ficam entediadas. Elas entendem tudo no primeiro instante, e então a escola continua falando sobre o mesmo assunto durante uma semana. Vão ter de criar uma forma de ensino muito mais rápida.

Não há nada de errado em diminuir o ritmo do aspecto interior. Há muita gente que trabalhou nisto — tensão, mas acho que vamos ter de encontrar novas respostas para todas estas coisas.

E nossa relação com o silício também é realmente importante nisto tudo. Estruturas orgânicas estão se fundindo com computadores.O carbono e o silício estão se misturando. O silício possibilita que o carbono se desloque a uma velocidade bem mais alta. Uma pessoa trabalhando num computador pode fazer mais do que dez pessoas usando máquinas de escrever. Toda a entidade da vida está se movendo de novas maneiras. E está a ponto de passar a um caminho novíssimo, com o surgimento da Internet. A Internet é basicamente um cérebro global que está prestes a alterar as coisas para sempre nesta terra. Achamos que mais ou menos atingiu o ponto para onde estava indo. Mas ainda estaria nos primeiros dez segundos da concepção, se fosse um ser humano. E os dois grandes passos seguintes acabaram de acontecer: máquinas de busca são capazes agora de verificar toda a Internet num único pacote, e estão chegando até mesmo aos bancos de dados. Quando tudo isso se abrir, teremos possibilidade de saber qualquer informação sobre qualquer coisa ou o que alguém está pensando em todo o planeta a partir de nossos computadores. E isso está acontecendo agora aqui. Mas o que surgirá dentro de apenas um ano mais ou menos será ainda mais incrível.

E o fato de que estamos neste exato minuto rumo à plena capacidade de vídeo na Internet significa que cada site da Internet será um estúdio de televisão completo. E todos poderão se comunicar visualmente, audivelmente, exatamente como se vocês estivessem sentados lá, na presença de qualquer outra pessoa do mundo, podendo expressar todas as suas idéias por meio de imagens de vídeo vivas. Existe um poder inédito. Levará a Internet a outro nível e não podemos nem mesmo imaginar o que isso significará.

Marie: Eram as crianças Índigo que precisavam ficar perto de computadores, ou as crianças paranormais também?

Drunvalo: Não, as crianças paranormais não precisam dos computadores. São capazes de se comunicar por telepatia, e basicamente podem fazer tudo o que os computadores fazem, sem os computadores. As crianças Índigo realmente precisam dos computadores, foi o que escolheram. É o hemisfério cerebral esquerdo masculino. Mas elas serão capazes de usá-los de um modo que nós nunca realmente compreendemos. Quando elas crescerem — e àquela altura, os computadores terão amadurecido, passando a outro nível — teremos um mundo que mal podemos imaginar neste momento.

Marie: Talvez estejamos aqui, ou em outra dimensão na qual os computadores serão acessíveis...

Drunvalo: Nesse nível não precisaremos do computador desta maneira. Posso imaginar um computador que, além de saber tudo o que se passa neste planeta, também é capaz de saber o que está acontecendo em cada planeta de cada sistema solar, em toda a galáxia, e será possível fazer a transferência de todas as informações, sabedoria e conhecimento de tudo o que estiver disponível. E não da maneira como nossas máquinas de busca fazem agora, e sim transferência direta à experiência. Estas são coisas inevitáveis no futuro e parecem coisa de Jornada nas Estrelas, mas vamos chegar lá, rapidamente. Como sabem, na virada do século pensávamos que ir à Lua fosse impossível. E o tipo de coisas das quais estou falando agora parecem quase impossíveis, mas vamos chegar lá. Vai acontecer. Nós vamos chegar lá, rapidamente.

Marie: E para encerrar?

Drunvalo: Estou sempre trabalhando na consciência, e para mim a consciência é a resposta a todos os nossos problemas, sejam eles quais forem. E à medida que alterarmos nossa consciência, nossos problemas serão solucionados. Seremos capazes de cada vez mais passar a áreas sem problemas, à medida que nossa consciência ficar mais clara.

Quanto a meus assuntos favoritos, ainda estou estudando ÁGUA, porque ela é a chave de muitos dos problemas que temos de resolver: problemas ambientais, problemas com energia. Usaremos a água de maneiras jamais sonhadas. Pelo menos, não durante muito tempo. E o uso de cristais para gerar energia também é um imenso potencial. As áreas dos cristais e da água se tornarão cada vez mais importantes no futuro, e muito em breve, penso eu.

Outra área na qual estou muito interessado é, claro, as CRIANÇAS, porque são nosso futuro. Como eu disse, é essencial resolver os problemas familiares, que giram em torno das crianças.

Marie: Então, quando você diz crianças, se refere às de oito anos, ou às de 25 anos?

Drunvalo: Desde os bebês que estão nos úteros, até cerca de 27 anos.

Marie: Quantos anos têm as crianças de Israel das quais você falou?

Drunvalo: Entre 12 e 14 anos de idade. No sábado (4 de dezembro), eu disse que há cerca de três semanas, a CIA e o FBI estavam culpando a Rússia pelo arrombamento da Internet do Pentágono e roubo de segredos, e estavam culpando um órgão russo específico por isto. Esse órgão provavelmente retrucou, dizendo: "Nós não fizemos isto, e se o tivéssemos feito, vocês não saberiam que fomos nós." Foi a este órgão que fui levado anteriormente na Rússia. E eles me explicaram como poderiam fazer isto se quisessem. Não disseram que o tinham feito, mas se quisessem, poderiam entrar em qualquer computador do mundo, ligado ou desligado, e extrair dele todas as informações, quando bem quisessem. E da mesma maneira a China. Então, os Estados Unidos não podem guardar segredos. Eles podem colocar os computadores em campos psíquicos e carregá-los em caixas, mas mesmo assim eles conseguirão entrar. Isso não os afeta. Tempo e espaço nada significam. Então, os EUA, China, Rússia e Japão vão ter de passar a cooperar de novas formas. Porque já não haverá jeito de guardar segredos militares neste planeta.

Marie: Finalmente, você acha que o mundo está rumo à espiritualidade?

Drunvalo: Tudo está se passando perfeitamente. Está sendo exatamente como deve ser. Estou muito entusiasmado com o jeito como a coisa vai. Em especial desde que estas crianças realizaram esta mudança em Israel, e eu sei que fizemos pelo menos quatro mudanças de realidade paralela, então, não sei onde estamos... Eu meio que não consigo me situar. Não tenho certeza de onde nos encontramos neste momento, e vou demorar um pouco para ter uma idéia. Eu realmente não sei, em especial quanto às profecias. Eu disse que as profecias tinham se alterado muito tempo atrás. Mas desta vez nem sei mais se elas ainda fazem sentido.

Marie: Talvez porque as tenhamos ultrapassado. Muitíssimo obrigada!

Parcialmente editado por Drunvalo,
em razão de sua agenda extremamente ocupada

O Antigo Segredo da Flor da Vida
The Ancient Secret of the Flower of Life

TEMPLO DE SALOMÃO

AS 22/72 LETRAS DO ALFABETO HEBRAICO


O clássico cabalista Sefer Yetzirah (Livro da Formação) ensina que a consciência criativa existe em três estados [espaço, tempo e alma] que  são refletidos na forma, nome e equivalente numérico de cada letra.

A Cabala contém os códigos e sistemas que aplicados às Sagradas Escrituras nos permitem de perceber o significado intrínseco dos ensinamentos, em quatro níveis fundamentais: simplesou literal;simbólico; filosófico e moral; esotérico e secreto.
 
As letras do Alfabeto Hebraico, 22 letras, associadas de várias formas, indicam as várias manifestações de DEUS – J H V H .  Cada uma das frases, escritas em hebraico, contém 72 letras que revelam a combinação dos 72 Nomes Sagrados com os quais DEUS se manifesta. Esses nomes são ENERGIAS que regem as Leis da Natureza Manifestada, e são como canais que transmitem a combinação de Luz, Energia e Amor.

Esta formula é chamada “Os 72 Nomes de Deus”. Eles não são realmente nomes. Os 72 Nomes são as seqüências de 3 letras compostas de letras hebraicas que tem o poder extraordinário de superar as leis da natureza humana. Estas 72 seqüências estão na verdade codificadas na história da Bíblia que fala a respeito da separação do Mar Vermelho. Elas são como condutores que transmitem vários tipos de energia desde a Luz até o nosso corpo físico.

As formas, sons, seqüências e vibrações dos 72 Nomes irradiam uma ampla gama de forças energéticas. Elas atuam como antenas que estimulam e liberam as formas da mesma energia invisível da Criação. A Luz que eles emitem purifica nossos corações.

Sua influência espiritual limpa impulsos de nossas naturezas. Sua Energia Sagrada remove emoções arrebatadas e intolerantes, medo e ansiedade de nossos seres. As letras hebraicas são instrumentos de poder. Cada letra individualmente representa uma energia específica . Cada som gerado pela vibração da pronúncia da letra representa uma força energética diferente. Além disso, a diferente combinação de letras cria diferentes tipos de energia, da mesma forma que diferentes combinações de notas musicais criam diferentes tons e melodias. Na verdade, a palavra hebraica “letra”, na verdade significa “pulsação ou vibração”, indicando um fluxo de energia. O alfabeto hebraico transcende religião, raça, geografia e o próprio conceito de linguagem. Essas letras antecederam todas as religiões; elas são formas universais, o alfabeto genético de todo o universo, para todas as pessoas, o tempo todo.

As três letras significam três Forças espirituais – uma carga positiva, uma carga negativa e um fio-terra - para criar um Circuito de Energia Espiritual... Cada seqüência de letras em particular, nos conecta a uma força específica. Ler,Verbalizar, meditar ou simplesmente escanear visualmente essas letras e suas seqüências ajuda a ativar as várias forças espirituais a que cada uma delas está conectada, trazendo-as para dentro da nossa alma e do nosso ambiente. Interagir com essas 22 letras, nas mais variadas formas possíveis, nos dá uma conexão subconsciente mas direta com a nossa alma e com o mundo espiritual. As 22 letras do alfabeto hebraico são 22 forças energéticas que originaram toda a criação e se manifestam em nosso mundo como formas e vibrações que podemos visualizar e vocalizar. Em combinações diversas , essas letras formam o código genético cósmico, e nos conectam com diferentes tipos de energia.

Da mesma maneira que o formato de uma chave é o mecanismo através do qual conseguimos abrir uma porta, uma forma específica de uma letra hebraica é a chave para abrir a porta de nossa alma. Uma das maneiras mais poderosas para que aqueles que não são versados na pronuncia correta das letras hebraicas, possam capturar a energia das letras, é o contato visual, já que os olhos são as janelas da alma. Quando os olhos escaneiam uma única forma das letras hebraicas, uma ressonância é criada entre a Luz e a alma. Considere dois triângulos musicais. Bata num triângulo e a ressonância será criada entre os dois, em virtude de sua forma idêntica de construção. As ondas sonoras começam a transferir-se de um triângulo para o outro. Nossa alma e as forças contidas nas letras hebraicas são construídas do mesmo material - a Chama da Luz do Criador. Quando as duas estão em proximidade, conseguida pela visualização, meditação ou pronuncia das letras, uma ressonância é criada e a energia é transferida para a alma.

O Criador tem muitas forças diferentes de energia que podemos acessar. Cada força tem seu próprio e único e-mail. Cada um deles tem alguma coisa única a nos oferecer. Basta nos conectarmos com as letras. Colocando de outra maneira, podemos nos tornar geneticistas usando as 22 letras do DNA cósmico para fazer a reengenharia espiritual da nossa própria alma. As seqüências de letras conseguem estabelecer mudanças em nossos padrões mentais . Elas sondam o mais íntimo do nosso ser, nossos genes metafísicos, infundindo-nos de uma enorme força espiritual e emocional.

Você pode fazer um exercício simples, "escaneando" visualmente estas seqüências, sempre da direita para a esquerda,atrairá muita Luz, Paz e Harmonia para sua vida.

sábado, 24 de julho de 2010

SHEKINAH

Shekhinah ou Shekiná (em hebraico: שכינה, Pronúncia: [ʃe̞χiˈnä]; “habitação”, “assentamento”) (outras transliterações possíveis: Shekinah, Shechinah, Shekina, Shechina, Schechinah) é a grafia em português de uma palavra gramaticalmente feminina em hebraico e é utilizada para designar a habitação ou presença de Deus (cf. divina presença), especialmente no Templo em Jerusalém.

Shekhinah é derivada do verbo hebraico שכן. No hebraico bíblico, a palavra significa literalmente, assentamento, habitação ou moradia, e é usada com freqüência na Bíblia hebraica (ver Êxodo 40:35: ” Moisés não podia entrar na tenda da congregação, porquanto a nuvem permanecia [Shakhan] sobre ela, e a glória do SENHOR enchia o tabernáculo”. Ver também por exemplo, Gênesis 9:27, Gênesis 14:13, Salmos 37:3, Jeremias 33:16), bem como na bênção semanal do Shabat, recitada no Templo de Jerusalém (“Ele, que faz com que o seu nome habite [shochan] nesta Casa, para habitar no meio de vocês o amor e fraternidade, paz e amizade”).


Significado no Judaísmo[editar | editar código-fonte]
Designanda a faceta da revelação divina aos homens, a “Divina Presença”, sendo também considerada a face “feminina” e “materna” dela. O vocábulo “shechiná” não aparece na Bíblia Judaica nem no Novo Testamento, sendo uma palavra derivada da raiz hebraica ש-כ-נ (sh-k-n), cujo significado é “habitar”, “fazer morada”. De acordo com a concepção cabalística e do ramo hassidísmo do judaísmo, a Shechiná é uma energia cósmica poderosíssima em si mesma, que habita no “interior” do Universo e vivifíca-o, sendo a sua “alma” ou “espírito”.


A Shechiná, como uma idéia concreta, aparece só na Literatura rabínica, havendo somente “alusões” a esta presença divina, no meio do povo de Israel, na Torá, quando Deus disse ao seu povo “וְעָשׂוּ לִי מִקְדָּשׁ וְשָׁכַנְתִּי בְּתוֹכָם” – “e fareis um santuário para Mim, e habitarei no meio deles (dos israelitas)” ;”וְשָׁכַנְתִּי בְּתוֹךְ בְּנֵי יִשְׂרָאֵל, וְהָיִיתִי לָהֶם לֵאלֹהִים” – “e habitarei no meio dos filhos de Israel, e serei-lhes por Deus”2 ; e “יְהֹוָה צְבָאוֹת הַשֹּׁכֵן בְּהַר צִיּוֹן” – “o Eterno dos exércitos, aquele que habita em Sião”.

Esta faceta da divindade, que é a menor de todas as outras revelações, é o meio comunicativo entre o homem e Deus. Ela é “mensurável” de acordo com a posição de cada pessoa e dos seus atos; sendo que, às vezes, ela se revela e, às vezes, se oculta, como os Sábios de Israel disseram, quando se referiam ao Segundo Templo, que não tinha a “pairar da Shechiná (sobre ele)”. Já em relação ao Diáspora, os rabinos disseram que, de alguma forma, a Shechiná preservou uma relação com Israel, especialmente quando este passou por períodos difíceis, espalhados entre as nações: “a todo lugar onde para lá foi exilado Israel – a Shechiná foi (também) exilada com ele” , sofrendo também com ele nos infortúnios. Rabi Chanina, no Talmude, agrava ainda mais esta concepção, quando diz que “aquele que esbofetea a face de Israel, é como se estivesse esbofeteado a face da Shechiná”.

A Shekhinah no Cristianismo
Além dos vários relatos indicando a presença ou a glória de Deus registrada na Bíblia hebraica, muitos cristãos também consideram que a Shekhinah tenha se manifestado em inúmeros casos no Novo Testamento, como no caso de Jesus no monte da transfiguração (Mc 9.7-11) e na sua ascensão (At 1.9-11).


A Shekhinah no Islamismo
A palavra سكينة (Sakinah) é mencionada seis vezes no Alcorão. Ela representa garantia de paz, calma e tranquilidade. O capítulo 2, versículo 248 diz: “E seu mensageiro disse-lhes: Em verdade! O sinal do seu reino é que não virá a vós At-Tabut (a arca perdida), onde é Sakinah do vosso Senhor e um remanescente do que Moisés e Arão deixaram para trás, levado pelos anjos. Em verdade, nisto há um sinal para vós, se sois crentes.” É muitas vezes descrita como “sensação reconfortante de estar na presença (ou sob a proteção) de Deus.”


ocultismopel.wordpress.com