domingo, 28 de fevereiro de 2010

ESFINGE DE GIZÉ ACUSTICA CÓSMICA

A acústica das suas câmaras internas é admirável

Câmara do Rei
vibra numa puríssima nota musical Fá

Sarcófago
vibra Lá mais perfeito do que no diapasão.

Novas câmaras convertem-na, afirmam, num símbolo e maquete do sistema
solar e das suas harmonias numérico-musicais. É o melhor tratado em pedra
de Aritmética e Geometria Sagrada que a Humanidade conhece.

Cientistas russos e engenheiros da NASA afirmam que se comporta como
um ressoador harmónico que pode assimilar energia da Terra ao vibrar na
mesma frequência que o nosso planeta no seu deslocamento pelo Espaço.

Sob a Esfinge de Gizé, existia um templo ao qual somente os “iniciados” de
algumas Escolas de Mistério tinham permissão de visitar. Era naquele templo
que estavam guardados o imenso cabedal de conhecimentos legados por
Thot . Uma parte daquele templo era especialmente dedicado aos chamados “Princípios Herméticos”.

Na verdade oficialmente não se sabe o quanto do Templo ainda existe,
apenas se sabe que a arqueologia ainda não tem registro oficial da sua
existência, pois até o momento apenas alguns indícios insignificantes
foram constatados, não suficientes para uma afirmativa, no mais todos
os relatos têm como origem o que está escrito em alguns papiros.

Afirma-se que no Antigo Egito, sob a Esfinge de Gizé, existia um templo ao
qual somente os “iniciados” de algumas Escolas de Mistério tinham permissão
de visitar. Era naquele templo que estavam guardados o imenso cabedal de conhecimentos legados por Thot . Uma parte daquele templo era
especialmente dedicado aos chamados “Princípios Herméticos”.

Thoth foi o arquiteto das Grandes Pirâmides de Gizé, sob elas foi construído
um sistema de túneis que levavam a um templo situado sob a esfinge, e cuja
entrada localizava-se entre as suas patas

Essa referência apenas serve como despistamento para a verdadeira
localização do templo, e que somente aos “iniciados” de maior grau era dado
o conhecimento exato do local do precioso santuário. Embora a arqueologia
haja encontrado indícios de uma entrada entre as patas da esfinge na verdade
ela não corresponde àquela que leva ao templo.

Tehuti , escriba dos Deuses, inventor da escrita.
Thoth arquiteto das Grandes Pirâmides.

O templo a que nos referimos tem o nome de “Templo da Esfinge”, o
santuário onde os escritos de Thot estão depositados, e que totalizam mais
de cem mil papiros, além da Tábua de Esmeralda correspondentes aos
chamados Princípios Herméticos.

Conforme diz a Tradição, a verdadeira história da criação foi gravada em
lâminas de esmeralda e que apenas uma delas foi encontrada, as demais só
virão a sê-lo no momento oportuno. Contudo, embora esses documentos
continuem guardados no “Templo da Esfinge”, ainda assim eles sempre
puderam ser vistos pelos Iniciados como um portal aberto para a verdade
antiga.

Os túneis, corredores subterrâneos, que levam às câmaras onde estão
guardadas as Tábuas Esmeraldinas são em número de doze que se
ramificam em diversas direções.

Diz a Tradição que durante a Civilização Egípcia o Iniciado seguia cada um
 dos corredores e no fim de cada um deles encontrava uma
Tábua de Esmeralda”, que era decifrada e cujos ensinamentos deveriam
ser bem aprendidos. Com certo esforço, o iniciando decifrava a mensagem
e aprendia as lições nela contida. Após decifrar as doze tábuas então, Thot
aparecia ao Iniciando.

Maat e Thoth
Dois Mestres do coração de Atlantis

Tomar conhecimento sobre a verdade no tocante a Criação constituía um
grande sofrimento para o Iniciando. Depois de sair das Câmaras Interiores,
um Hierofante dizia ao Iniciando: “Agora conheces a verdade, teu semblante
reflete dor, foste tu que a buscaste, mas não te aflijas, é pela dor da verdade
que se chega à libertação”.

Era um caminho sem volta, aquele que tomava conhecimento da verdade
jamais voltava a ser o mesmo que antes. Daí gerou-se o enigma da
Esfinge de Gizé “Decifra-me ou te devorarei...”.

A Esfinge de Gizé sempre foi considerada símbolo do mistério exatamente
porque no Templo está guardado todo o conhecimento essencial da Criação,
assim como o seu propósito que serve de resposta para o grande mistério do
“quem somos, de onde viemos e para onde vamos”. Essa indagação deixa de
ser mistério para o “Peregrino da Senda”.

Com o declínio da Civilização Egípcia, o Templo da Esfinge, com o tempo, foi
sendo soterrado pela areia do deserto e o povo acabou por ignorar a sua
existência, e as iniciações antes ali praticadas diretamente deixaram de sê-lo.

Podemos afirmar que o Templo dos Mistérios Herméticos existiu e ainda existe, relaciona-se com a Esfinge de Gizé, mas na verdade somente a Hierarquia da
Ordem Hermética tem ciência de sua localização exata assim como do acesso
ao seu interior.

Durante muitos séculos acreditou-se existir apenas Sete Princípios Herméticos
e sete câmaras no templo, mas hoje a Tradição liberou esse segredo. Os
Princípios são mais do que sete. Revistas, livros e mesmo um orientador do Hermetismo podem dissertar sobre os Sete Princípios Herméticos, mas não
devem revelar precisamente quais são os restantes. Estes necessariamente
têm que ser descobertos pelo discípulo.

A não revelação direta dos princípios complementares não indica um sentido
de simples segredo. Trata-se de uma forma de exercitar a mente do discípulo
afim de que ela se torne apta para entender os novos conhecimentos que
advirão. Por isto é de suma importância que eles sejam descobertos e não simplesmente revelados.

Somente um discípulo que examine bem os 7 princípios básicos consegue
descobrir os outros, o que é de capital importância no desenvolvimento
psíquico. Se não houver esse esforço a mente do discípulo perde a grande oportunidade de um se “abrir” para os mistérios maiores. Aquele que revela
os outros princípios comete o erro de prejudicar, ao menos dificultar muito, o desenvolvimento mental do discípulo.

Possivelmente dentro de pouco tempo todos os princípios serão descritos
nas publicações esotéricas e mesmo exotéricas, como aconteceu com os 7
princípios clássicos. No passado eles não eram mencionados diretamente,
todos tinham que ser descobertos pelo discípulo ao qual apenas era dito que
existiam um certo número de princípios básicos, pilares da criação e
manutenção do universo imanente, a respeito do que ele deveria dedicação de direcionar a sua busca.

É importante que se diga que tudo o que existe em termos de descrições
apresentada em publicações sobre os Princípios Herméticos são simples
“migalhas” se comparadas com o que cada um deles contém. Cada um dos
princípios encerra conteúdo para um volumoso livro, ou quiçá bem mais. Na
verdade o que se tem revelado serve apenas como “isca” para atrair as
pessoas interessadas no conhecimento da natureza íntima do universo.

[1]
Impropriamente chamados de Hermes

[2]
Tehuti era um dos nomes oficiais do Deus Thoth

[3]
Acreditamos que somente os Iniciados que atingiram os mais elevados graus
podem ter acesso a tais documentos, enquanto os demais os recebem proporcionalmente através de algumas Ordens iniciáticas autênticas ligadas à Tradição.

[4]
Por esta razão o titulo do discípulo do Primeiro Grau corresponde em diversas línguas: Aquele que busca a dor. Em português: “Buscador da Senda”.
K enviou esta Mensagem   

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

ALBERT EINSTEIN OS UFOS

Semanas antes de sua morte Albert Einstein, este genio da século XX, confiou a jornalistas que o vieram interrogar sobre o misterioso problema dos OVNI's:"- Os discos voadores são pilotados por um povo que deixou a Terra há 10.000 anos, ele volta em peregrinação às origens..."

Esta indicação dada por este grande sábio não foi nunca, ao menos oficialmente, explorada a fundo, e ainda hoje, a identidade dos construtores destas estranhas máquinas espaciais permanece um enigma.

Podemos contudo confiar em Albert Einstein, no que diz respeito à sua pertubadora afirmativa; o pai da formula E=m.c² tivera acesso aos livros sagrados dos rabinos cabalistas, e por meditação, este matemático compreendera muitos segredos de nossa evolução. Numerosos hedraístas pensam que foi no SEPHER BERESHITH, que Albert Einstein encontrou os elementos necessarios para elaboração de suas equações revolucionarias. Ele teria principalmente compreendido a verdadeira significação do terceiro rio sagrado paradisíaco que, em linguagem esotérica, escreve-se Hidéquel, e que os iniciados hebreus designam pelo termo de ChiDeQel.

ChiDeQel é a potencia-total destinada a reger e a controlar a desagregação da matéria. O Livro dos Princípios ensina efetivamente que em todo fenomeno de condensação se prepara e se sucede sempre uma fase de liberação e expansão. ChiDeQel é, portanto, a potencia destinada a reger e a controlar esta fase.

Os termos E=m.c² imaginados pelo matematico são a transposição da base radical de ChiDeQel que é ChaD que significa em linguagem usual: "afiado", "cortante"; portanto, em absoluto, potencia-total existencial susceptivel de dividir, de desagregar, por isso de fazer expandir-se e dividir.

Este sentido é ainda reforçado pela união da primeira base a segunda: Qal, significando "rapido","leve". O "lamed" final exprime, pode-se dizer, o resultado da ação preliminar de penetração, dilaceramento expressa também pela palvra: "CheDeQ", isto é, "pontudo" e "picante".

A base radical ChD = manifestação vital em ato de divisão e a base final QL significando liberação, expanção do que estava ate então, em condensação relativa. Constata-se pois que existe uma analogia profunda entre este sentido esotérico de uma parte do Bereshit e a idéia mesma da desagregação atomica.

Se Albert Einstein compreendera o sentido oculto, esoterico da escritura hebráica, e partindo disto, imaginou a formula matematica que deu nascimento a descoberta da energia atomica, podemos portanto estar certos que tinha tambem "entrevisto" numerosos outros misterios e em particular, o relativo aos OVNI's. A identidade dos seres que pilotavam não devia mais ser um segredo para ele. (...)" OVNI Civilizações Extraterrestres - Guy Tarade, editora Hemus - capítulo 7

http://www.imagick.or/

WORMHOLES SÃO ATALHOS DE SUBESPAÇO

Um dos mais contundentes argumentos contra a possibilidade dos discos voadores pode estar caindo por terra. Um artigo publicado na revista "New Scientist" afirma que existem no universo verdadeiros atalhos espaciais que possibilitam viagens intergalácticas acima da velocidade da luz.

Dessa forma, os chamados discos voadores podem muito bem chegar até nós provenientes de outros pontos do universo. Novos cálculos baseados na famosa "Teoria da Relatividade", de Einstein, apontam para a possibilidade da existência dos chamados "buracos de minhoca" ("Wormholes"), verdadeiros portais ligando pontos distantes do cosmos.

A idéia desses portais não é nova. Em 1915 o teórico alemão Ludwig Flamm encontrou indicações da existência desses fenômenos nas equações de Einstein. Partindo da idéia de que é possível curvar o espaço, ele avaliou a possibilidade de curvaturas feitas em distantes regiões se tocarem, criando um atalho cósmico.

Agora, Serguei Krasnikov, um especialidade em relatividade de um observatório russo, concebeu um novo "buraco de minhoca" que pode criar seu próprio suprimento de matéria em quantidade suficiente para fazê-lo um portal grande o bastante para a passagem de uma nave e mantê-lo aberto. Isso permite que sejam atravessados sem que discos voadores sejam esmagados durante a passagem. Buracos de minhoca poderiam vencer o espaço-tempo, possibilitando assim, que naves viagem grandes distâncias em pouquíssimo tempo.

Krasnikov informa que a tecnologia humana atual não permite a construção dos "buracos de minhoca", adiantando que vários desses portais devem ter sido deixados durante a criação do universo. O cientista crê que eles podem ser detectados de várias maneiras. "Podemos sentir seu campo gravitacional, ver estrelas que podem estar em posições diferentes no universo". 

Site Projeto Vega

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

BUDISTAS NA AMÉRICA ANTES DE COLOMBO

Flôr de Lotus

Monges budistas vindos da China e do sudeste asiático podem ter descoberto e colonizado a América séculos antes de Colombo. Esta curiosa tese, defendida por alguns americanistas europeus, pode ser encontrada no livro "Fundamentos Geográficos da História", do austríaco Hugo Hassinger. Na obra, está a seguinte passagem: "Há notícias de que no início do primeiro milênio de nossa era produziu-se uma emigração de monges budistas e houve travessias que, partindo da região de LiaoTung, na China setentrional, dirigiram-se, pelo Japão até o norte e depois a leste, ao país de Tahan-Kamchatka - uma terra setentrional onde os dias são curtos e cujos habitantes vivem em canoas de pele. Daí, continuaram rumo ao sul em direção à terra de Fu-Sang".

"O chefe da expedição, Hgui-Shan, informou ao historiógrafo imperial, na época de seu regresso, sobre esta exploração que durara vários anos. A verdade é que os sinólogos não conseguiram interpretar em todos os seus detalhes a aventureira crônica da viagem e identificar com segurança os países de Tahan e Fu-Sang. Mas a expedição deixou eco nas lendas dos indígenas mexicanos, tal como diziam na época da conquista: homens de pele clara, vestidos com amplas túnicas, haviam vindo do Ocidente e trazido uma religião que também conhecia as oferendas de flores".

"É digno de nota o fato de a figura do antigo deus mexicano Quetzalcotl ser algo parecido com Buda. Apesar de. inúmeras partes que permanecem obscuras na citada crônica da viagem, pode-se acreditar que esta hipótese não seja inverossímil, pois os monges budistas, com sua tenacidade e sobriedade, conseguiram feitos surpreendentes no decorrer de suas viagens pela Ásia central".

Hugo Hassinger afirma ainda que viajantes orientais, como indianos, chineses e cambojanos, freqüentaram a América desde o segundo milénio antes de Cristo até os séculos XI e XII de nossa era. As culturas précolombianas conteriam muitos traços de origem asiática, inclusive influências de religiões orientais como o hinduísmo e o budismo. Tais influências seriam visíveis principalmente na arte: "O estilo da arte do México e de Honduras concorda com o chinês na época compreendida entre os anos 200 e 500 de nossa era, quando os americanos empregaram o dragão alado como adorno".

"A flor-de-lótus indiana, planta desconhecida em nosso continente, aparece como elemento decorativo em largos frisos feitos pelos maias, numa disposição ornamental que corresponde exatamente às existentes na Índia e no Ceilão. No México e no Yucatan existem imitações de esculturas que representam trombas de elefantes levantadas ou abaixadas, sendo conveniente lembrar que este animal, símbolo de um deus indiano da sabedoria, era nesta época estranho aos americanos".
http://www.imagick.org.br/

domingo, 14 de fevereiro de 2010

O SEGREDO DAS GRANDES OBRAS

O segredo das antigas civilizações para erguer seus grandes e fantásticos monumentos sem a ajuda de equipamentos sofisticados está bem próximo de ser desvendado: o antropólogo peruano Francisco Aliaga está anunciando a descoberta da fórmula de uma mistura de ervas usada pelos incas para dissolver pedras. Até aqui, ainda intrigam as enormes pirâmides egípcias, o Templo de Baalbek, no Líbano, as gigantescas estátuas da Ilha da Páscoa, e outros monumentos.
Os cientistas ficam perplexos diante das construções incas, sem conseguir entender como as pedras foram cortadas, moldadas, transportadas e erguidas se este povo sequer conhecia o ferro e só empregava ferramentas de bronze.
Entre as inúmeras especulações, chega se a dizer que os antigos (com a ajuda e o know how de extraterrestres) haviam descoberto uma maneira de acabar com a força da gravidade, tornando assim os objetos mais leves para o transporte. Para outros, tais construções são obras de seres de outros planetas que estiveram entre nós.
Aliaga, que examinou com um microscópio amostras de pedras tiradas dos monumentos incas, disse que encontrou nelas resíduos de vegetais que, segundo supõe, fazem parte da mistura de ervas. Para o antropólogo, os incas usavam a mistura para dissolver as pedras ao invés de cortá las , amolecê las e depois moldá las. A partir daí ele explica o mistério dos monumentos de Cuzco, no Peru, feitos com pedras enormes que se encaixam perfeitamente umas às outras, sem falhas.
Francisco Aliaga, trabalha no Centro de Investigações de Paris, comunicou sua descoberta durante palestra na Universidade Nac. de Engenharia, em Lima, disse que as ervas usadas são peruanas, há possibilidadede de outros povos as conhecerem.
Site  Dominios do Fantástico

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

TAU A SABEDORIA DO SILÊNCIO INTERIOR

TAU FRANCISCANA

Simplesmente fala quando for necessário.
Pense no que você diz antes de abrir a boca.
Seja breve e preciso,
porque cada vez que você deixar de fora uma palavra,
deixar ir, ao mesmo tempo irá uma parte de seu CHI

Desta forma, aprenderá
desenvolver a arte de falar sem perder energia.
Nunca faça promessas que não pode cumprir.

Não use palavras de queixas,
porque produzem imagens em torno de você
tudo o que você faz,  palavras estão cheias de CHI

Se você não tem nada bom, verdadeiro e útil a dizer,
é melhor ficar quieto e não dizer nada.
 Seja como um espelho. reflete a energia e ouve.

O próprio universo é o melhor exemplo
que a natureza nos deu, porque o universo
aceita sem condição os nossos pensamentos,
nossas emoções, nossas palavras, nossas ações
e envia o reflexo da nossa própria energia
sob a forma de circunstâncias diferentes
que ocorrem em nossas vidas.

Se você se identifica com sucesso,
você terá sucesso.
Se você se identifica com o fracasso,
você terá falhas.
Vemos que as circunstâncias que vivemos
são apenas as manifestações externas
do conteúdo de nossas conversas internas.

Aprenda a ser como o universo,
ouvie reflete, energia é imparcial.
Com o poder da mente quieta e silenciosa,
sem dar qualquer oportunidade para impor
as suas opiniões pessoais e evitando excesso
de reações emocionais permita simplesmenta
a comunicação aberta e fluida.

Não se dê tanta importância, e seja humilde,
porque quanto mais você mostrar-se superior,
inteligente, arrogante, mais você
se torna um prisioneiro de sua própria imagem
e você vive em um mundo de tensão e de ilusões.

Seja discreto, proteja a sua vida íntima,
para libertar-se das opiniões dos outros
e levar uma vida tranqüila, tornando-se invisível,
misterioso, indefinível e incompreensível como o TAU

Não competir com os outros, como a terra
que nos alimenta, temos do que precisamos.
Ajude  os outros a perceber suas qualidades,
perceber seus pontos fortes.

O espírito competitivo faz com que o ego cresça
e, inevitavelmente, leva a conflitos.
Ter confiança em si mesmo, paz interior preservada
evita entrar em provocação em armadilhas.

Não se comprometa facilmente.
Sem conhecer a situação, você estará se complicando
As pessoas não têm confiança ao ouvir um"sim"
porque sabem que o famoso "sim" não é verdadeiro

Ouça o  silêncio interior para avaliar
o que lhe foi apresentado  em seguida, 
tome a sua própria decisão.
Isto irá desenvolver a confiança
e a sabedoria em Si Mesmo

Se há realmente algo que você não sabe
ou não tem a resposta para a pergunta
pergunte para quem a tem.
O não saber é muito desconfortável para o ego,
porque ele gosta de saber tudo,
estar sempre bem, ter a sua opinião pessoal.
Na realidade, o ego não sabe nada,
ele apenas faz crer que sabe.
Seu silêncio interior é indiferente.

Jejum regular, silenciar para reeducar o ego
Evite julgar e criticar, o TAU é imparcial
Pratique a arte de não falar.
Tire um dia por semana para se abster de falar.
Ou pelo menos algumas horas no dia
.Esta é uma excelente maneira de conhecer
e aprender o mundo do TAU ilimitado
ao invés explicar com palavras o que é o TAU.

Ao desenvolver a arte de falar sem falar,
a sua verdadeira natureza interior
irá substituir a sua personalidade emocional,
pela à luz do seu coração
pelo poder da sabedoria do silêncio.

Graças a esta força vai atrair para Si Mesmo
tudo o que precisa para se libertar
Mas cuidado para que o ego não interfira
O poder do ego permanece
quando você está tranquilo e silencioso.
Se o seu ego abusa deste poder
este próprio poder vai se tornar um veneno,
envenando rapidamente todo o seu ser.

Seja silencioso, cultive o seu próprio poder interior.
Respeie tudo o que existe no mundo.
Não tente coagir, manipular e controlar os outros.
Seja o seu próprio professor, respeite o próximo
vivendo de acordo com a vida sagrada do TAU.

Mildreide enviou esta Mensagem
reflexionesdiarias.wordpress.com

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

144.000 FILAMENTOS DNA GALÁCTICOS NOVA GAIA

Amados Irmãos e Irmãs da Terra, nós dos Reinos Superiores estamos em grande alegria por testemunhar o nascimento da nova Gaia. Esta é a primeira vez que um planeta inteiro tenta se duplicar num plano superior de existência no seu sistema solar. A duplicação é a primeira etapa do processo de ascensão de Gaia, e, apesar de não estar completo ainda, nós acreditamos que logo se completará.

A segunda etapa é a separação em dois planetas; esta etapa poderia ser comparada à reprodução celular. No caso de células, o processo é mitose, e a célula original se divide em duas novas células completas que são idênticas à célula original.

No caso de Gaia, o processo é mais parecido com a meiose, em que as células criadas por esse processo não são idênticas à célula original. Em sua densidade isto é aplicado especialmente aos corpos femininos.

O processo de duplicação de um planeta inteiro leva cerca de nove dos seus anos para se realizar, enquanto que a separação ocorrerá numa fração de segundo.´No final do ciclo Galáctico, Gaia terá um período de tempo muito curto, durante o qual a separação deverá ocorrer. Assim que este processo se completar, a nova Gaia existirá na quinta densidade, enquanto que a antiga Gaia permanecerá na terceira densidade.

O ano de 2012 não pode ser entendido se for observado somente do ponto de vista da terceira densidade, porque, de fato, está acontecendo um alinhamento multidimensional/galáctico em todos os níveis de consciência, a partir de onde a propagação da torrente de elétrons, prótons, etc. ocorrerá devido à sua mútua repulsão eletrostática.

A quantia total de propagação de fluxo é um volume infinito em qualquer ponto do campo vetor, e sua manifestação/resultado são determinados pelo fluxo livre de consciência em uma dada região do campo vetor. Isto significa que haverá muitos resultados diferentes a partir de um mesmo evento. Tudo depende da taxa (nível) vibratória da sua consciência, significando que todo indivíduo irá experienciar um resultado diferente.

Para entender este conceito, primeiro vocês devem entender que vocês são seres multidimensionais vivendo simultaneamente em milhares de planos de existência paralelos sobrepostos. Muitos de vocês são capazes de sentir isto, mas muitos pensam que têm um “eu - principal” (aquele que está lendo neste instante) e todos os “outros - eu” são menos reais. Quando, de fato, sua consciência é igualmente distribuída por todos os seus eus, tornando todos eles o seu “eu - principal”.

Com uma simples decisão, vocês redirecionam sua consciência para um de seus “mil - eus”. Quando isto ocorre, vocês não sentem nada, mas vocês – literalmente – se mudam para outro mundo. Tudo irá parecer como dez minutos atrás: vocês estarão morando na mesma casa, casados com a mesma pessoa, trabalhando no mesmo lugar, etc., mas do ponto de vista vibracional, todas essas coisas são totalmente novas, já que vocês agora estão vivendo num mundo novo.

O modelo de universos paralelos sobrepostos foi projetado pelo Criador com o propósito de enriquecer a experiência da sua alma, agora, depende do seu livre-arbítrio decidir qual deles você irá acompanhar na mudança de 2012 com total consciência. Cada um de vocês irá continuar vivendo em Terras diferentes.
Todos aqueles que não têm a mesma taxa vibratória que você, simplesmente desaparecerão da sua realidade.

É por isso que a maioria das “previsões” feitas ultimamente ‘não acontece’. Isso porque uma previsão é feita num ponto específico do campo vetor, onde a atenção daquele que faz a previsão está integrada com sua consciência, mas um segundo depois ele e, o mais importante, você, mudaram sua consciência para um “outro - eu”, e agora você está vivendo em outra vida paralela, onde o resultado da previsão não irá ocorrer.

Se você acredita que o ano 2012 marca o fim da humanidade, então você experimentará algum tipo de fim. Por outro lado, se você acredita que em 2012 começará a colheita da ascensão, então você experimentará algum tipo de começo neste processo ascensional.

Lembrem-se, seu padrão de pensamento cria sensações, suas sensações criam emoções, e suas emoções criam a sua realidade. O Amor é um presente do alto e existe além da dualidade. Quando dois indivíduos se focalizam na mesma parte do espectro energético, eles não mais estão separados, eles são um. As vibrações do amor ajudam vocês a se mesclarem com os outros.

Os seres humanos de terceira dimensão são potencialmente capazes de ativar inúmeros filamentos de DNA, entretanto, no presente momento da evolução humana há 144 filamentos principais que precisariam ser ativados para despertar seu total potencial humano.

O Grande Diretor Divino e o Conselho dos Senhores do Karma fixaram o número de filamentos neste ponto específico da linha evolucionária em 144. Além desses 144 filamentos, há um pacote de upgrade de 144 mil filamentos de DNA “galácticos” disponíveis neste momento.Você não está fazendo nada errado, simplesmente você pode sentir que essa real segurança não existe (não é necessária).

Amados Irmãos e Irmãs da Terra, vocês estão vivendo em tempos incríveis! As energias dispensadas na Terra estão aumentando significantemente a cada novo dia. O DNA dos recém-nascidos contém informação genética jamais vista na Terra, e seus cientistas podem confirmar a presença de um novo filamento ativo de DNA em muitos recém-nascidos. http://www.dihitt.com.br/noticia/descobertos-genes-de-ets-em-dna-humano

Seus céus estão cheios de “luzes” vistas por milhares de pessoas diariamente. A consciência coletiva está criando novas conexões entre indivíduos que pertencem ao mesmo “grupo de alma”, independente da distância física entre eles. Habilidades telepáticas agora estão disponíveis para praticamente todos. Seu corpo energético começou a se lembrar do seu potencial e está ativando suas capacidades de autocura.

Mais e mais indivíduos entendem que eles têm um contrato de vida para cumprir, e estão mudando suas atitudes em relação à vida, mudando todo o mundo no qual eles vivem. Muitos, muitos saíram de seu condicionamento e podem ver a liberdade total apenas a alguns passos à frente. A maioria da sua coletividade está se desligando de todas as idéias fixas do passado, e um novo paradigma está nascendo.

A idéia de separação entre os indivíduos de sua coletividade está sumindo mais rápido do que vocês podem imaginar e suas almas começaram a se lembrar que a separação só existe na superfície, e lá no fundo, vocês (nós) são(somos) todos Um.

O ciclo da limitação está se aproximando do fim. Realmente são tempos incríveis para a Raça Humana! Mas novas oportunidades trazem novas responsabilidades. Olhem em volta. Se o que vocês têm feito agora parece ser insuficiente, é hora de produzir alguma coisa nova, um novo começo na jornada, um novo princípio. Vocês se prepararam através de muitas vidas para este momento, não o percam.

É hora para a co-criação deliberada do seu futuro. O segredo da co-criação de toda uma nova realidade é simplesmente dividir grandes metas em séries de pequenas metas. A cada pequena realização, a meta final estará mais próxima. Seja uma pessoa de ação. Somente indivíduos com ações orientadas fazem as coisas acontecerem.

Não esperem até amanhã
Hoje é um bom dia para começar

Comecem por confiar em vocês mesmos, em seu potencial, em sua conexão com o Tudo Que É, e no seu absolutamente insubstituível papel no Plano Divino.Quando vocês confiarem sinceramente em si mesmos, sua consciência os levará a viver uma vida que é honrada e significativa!

EU SOU Emmanuel

Clayr Rosane, enviou esta Mensagem