quarta-feira, 3 de março de 2010

FARAÓ AKHENATON ESCOLA INICIÁTICA

Este conhecimento perdido provém da 18º dinastia egipcia, do Faraó Akhenaton, foi Ele quem fundou a Escola do Olho Direito de Hórus
Era uma Escola de Geometria Sagrada onde aprendia-se o processo lógico a partir do qual se desenvolve todos os processos evolutivos e também de desenvolvimento de consciencia.

O neófito passava por 12 anos de treinamento na Escola do Olho Esquerdo de Hórus, apreendendo os processos relativos do hemisfério direito do cérebro, àqueles que não são aprendidos em nivel intelectual e racional. Tratava-se de uma fase tântrica, onde aprendia-se a subida ou o caminho da energia do chacra básico até o coração, nesta fase o neófito experimentava a libertação de todos os seus processos de medo da sobrevivência (chacra básico), de sua sexualidade (chacra umbilical), e do controle e poder (chacra do plexo solar), e assim estaria com a energia necessária para a criação do MerKaBa, a partir do conhecimento que a Escola do Olho Direito de Hórus lhe proporcionaria
MerKaBa  MerKaBah  MerKaVah
união das 3 palavras de origem egípcias.

Mer
Campo contrarotatório de Luz

Espirito

Ba
Corpo físico
realidade dimensional onde a consciencia é mantida

No universo que nós vivemos este é o padrão de energia primordial, que está além de toda concepção humana, no sentido de criação, pois não é obra de nosso pensamento, de algum projeto mental ou uma egrégora, e sim a maneira primordial como as energias se mantém neste sistema. Esta energia pode ser vista mais facilmente em escala macrocósmica.

Muitas galáxias, dependendo do ponto que são observadas possuem este padrão de formação. Originalmente, antes da queda de consciencia da civilização possuíamos uma dinâmica de respiração que permitia a formação natural desta energia.

A MerKaBa primeiramente recria este campo de energia, chamada Estrela Tetraédrica, a qual é formada naturalmente a partir de nossas primeiras oito células no primeiro estágio de nosso desenvolvimento.
K enviou esta Mensagem

PIRÂMIDES DE GIZÉ TERCEIRA ENERGIA DESCONHECIDA

Existem energias geradas, e simultaneamente atraídas, pelas pirâmides ou até mesmo pelas suas formas geométricas três tipos de energias: Eletrostática, Piezelétrica e uma terceira, desconhecida, temporariamente batizada de "Energia X. A Grande Pirâmide de Gizé, síntese absoluta dos mais elevados conhecimentos descobertos e ainda por descobrir, NÃO FOI UMA OBRA DOS ANTIGOS EGÍPCIOS mas, sim, de uma outra civilização muito mais antiga e ainda por cima dotada de uma tecnologia com a qual jamais poderíamos sonhar!
Grandes firmas construtoras e de engenharia de todo o planeta mesmo hoje e com os modernos equipamentos e as avançadas técnicas de que dispõem não seriam capazes de fazer uma réplica da Grande Pirâmide de Gizé. Mas não vale utilizar explosivos e cimentos. E também terão que cortar com precisão mais de 2.600.000 blocos de pedras, transportá-las desde a sua origem e colocá-las sob a forma piramidal a 146 metros de altura (o equivalente a um moderno edifício de 49 andares).

Porém, isso não é tudo: será necessário, TAMBÉM, construir, desde dentro, as imensas câmaras que fazem parte da original, conforme vistas na ilustração acima:

A   Entrada
B   Grande canal descendente
C   Câmara do Caos
D   Canal de serviço
E   Canal ascendente
F   Câmara da Rainha
G   Câmara de ventilação
H   Grande Galeria
I     Antecâmara
J    Câmara do Rei
K   Câmara de descarga.

Isso sem contar as outras câmaras e galerias secretas e desconhecidas, as quais comprovadamente existem e que somente agora começam a ser devidamente descobertas! Faria também a réplica que elas eventualmente possam vir a construir, possua forças no seu interior que desvie raios cósmicos sem utilizar quaisquer fontes artificiais de campos magnéticos. E, também, que POSSUA NO SEU INTERIOR UMA FORMA DIFERENTE DO EXTERIOR, assim como inexplicavelmente ocorre na original a ser imitada, criando aquilo que cientificamente se batizou de "Pregas Topológicas" ou "Superfícies de Riemann". 

K enviou esta Mensagem