sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

SÍMBOLO DO INFINITO ENCONTRADO NO CENTRO DA VILA LÁCTEA

Um curioso anel gasoso que se estende por mais de 600 anos-luz foi encontrado no coração da Via Láctea.

Com o uso do poderoso telescópio espacial Herschel, os astrônomos detectaram o anel, que tem uma torção ao centro. A estrutura foi comprimida no meio e parece ter dois lóbulos nas extremidades. Essa característica intrigante faz o anel se assemelhar com o símbolo do infinito.

Ainda é um mistério o motivo do anel recém-observado ser torcido. De maneira geral, pouco se sabe sobre essas estruturas gasosas que se formam em galáxias em espiral. E há ainda outro mistério: uma das partes do novo anel parece ser um pouco deslocada do centro da galáxia, onde reside um buraco negro.

A estrutura é um berçário que dá à luz (literalmente) a novas estrelas. Partes do anel gasoso já eram conhecidas dos cientistas, mas as novas imagens do telescópio Herschel fizeram uma observação mais completa, sem precedentes.

A nave espacial Herschel é especialmente adequada para investigar o centro da Via Láctea, pois detecta luz infravermelha e penetra através da poeira que paira na galáxia.

Os astrônomos estão animados com a descoberta. “Nós temos um novo e emocionante mistério em nossas mãos, bem no centro da nossa própria galáxia”, diz Sergio Molinari, do Instituto de Física Espacial em Roma.

LiveScience

Nenhum comentário:

Postar um comentário