sexta-feira, 14 de outubro de 2011

RESSONÂNCIA SCHUMANN, REVERSÃO GEOMAGNÉTICA, ESTADOS DO CÉREBRO HUMANO


A Ressonância Schumann é um conjunto de picos no espectro na ELF (banda de freqüências extremamente baixas) do espectro do campo eletromagnético da Terra.

O fenômeno das ondas estacionárias terrestres tem seu nome em homenagem ao físico alemão Winfried Otto Schumann, que predisse matematicamente em 1952.

Schumann constatou em 1952 que a Terra é cercada por uma campo eletromagnético poderoso que se forma entre o solo e a parte inferior da ionosfera, cerca de 100km acima de nós. Esse campo possui uma ressonância (dai chamar-se ressonância Schumann), mais ou menos constante, da ordem de 7,83 pulsações por segundo. Funciona como uma espécie de marca-passo, responsável pelo equilíbrio da biosfera, condição comum de todas as formas de vida. Verificou-se também que todos os vertebrados e o nosso cérebro são dotados da mesma frequência de 7,83Hz (hertz).

Desde que a velocidade da luz é de mais ou menos 300.000 km/s e um ciclo da circunferência da Terra, é de mais ou menos 40.000 km, a freqüência fundamental devia estar na ordem de 300.000 km/--------------- = 7,5 ciclos/s 40.0000 km. Um ciclo/s equivale a 1 Hz, de forma que 7,5 ciclo/s é 7,5 Hz.

A real Ressonância Schumann é experimentalmente observada dentro do espectro de freqüências que variam entre 6 e 50 ciclos por segundos; especificamente 7,8, 14, 20, 26, 33 e 45 Hz, com uma variação diária de aproximadamente +/- 0,5 Hz.A ressonância fundamental observada de 7,8 Hz é bastante próxima da estimativa teórica de 7,5 Hz.
 Desde que as propriedades de eletromagnéticas da cavidade da Terra permaneçam as mesmas, estas freqüências também permanecem a mesmas.

O ciclo das manchas solares tem o poder para mudar estas freqüências, porque a ionosfera Terrestre se modifica em ciclos de 11 anos em resposta à atividade solar.

A freqüência fundamental pode ser modificada devido a vários eventos:
A intensidade e configuração de campo magnético da Terra,
vem se enfraquecendo nos últimos 2000 anos;
A composição e propriedades da atmosfera;
A localização e propriedades da ionosfera;
A ionosfera é ligada a magnetosfera por ondas Alfven ;
O ciclo de manchas solares;
Tempestades eletromagnéticas do Sol;
Propriedades eletromagnéticas da Terra, como "Luzes de terremotos";
Projeto HAARP ;
Tempestades com trovões;

Desde 1980 a ressonância da terra (ou ressonância Schumann*) passou a AUMENTAR inexplicavelmente, saltando de 7.8Hz para mais de 12hz nestes últimos 29 anos.

Essa teoria sugere que a velocidade de ROTAÇÃO da terra AUMENTA à medida que a ERA que vivemos vai chegando ao seu fim. Isso faz com que os dias tenham a sua duração REDUZIDA progressivamente. Cálculos baseados nesses índices revelam que, atualmente, um dia terrestre dura, em média, DEZESSEIS HORAS.

Sintomas físicos de que essas mudanças já ESTÃO em curso seriam os seguintes:
* Dores de cabeça agudas
* Cansaço
* Sensações elétricas nos órgãos e na coluna vertebral
* Câimbras nas redes musculares
* Sintomas semelhantes aos da gripe
* Sonhos intensos

Pregam, ainda, os defensores dessa idéia, que, no momento em que a terra atingir a freqüência de 13Hz (21/12/2012, 11h11min), seus pólos magnéticos serão ANULADOS e a rotação CESSARÁ, por um ou dois dias. Ao fim desse breve período, o planeta passará a rodar no sentido CONTRÁRIO, o que provocará uma INVERSÃO nos pólos.

my.opera.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário