domingo, 1 de janeiro de 2012

METAFÍSICA DIMENSÕES EXISTENCIAIS

“A mente avança até onde pode chegar,
mas depois passa a uma dimensão superior, sem saber como lá chegou.
Todas as grandes descobertas realizaram este salto.”
Albert Einstein

O estudo sobre as dimensões existenciais estão entre os temas principais que estão sendo abordados pelos atuais buscadores da “Senda Espiritual”. Com a constante divulgação em alguns meios espiritualistas sobre as mudanças de dimensões que estão acontecendo com a Terra, muitos procuram ter um maior conhecimento sobre estas realidades. Desta forma, há duas abordagens que podemos seguir para uma melhor compreensão sobre as dimensões. Podemos estudar as pesquisas da ciência acadêmica da Terra, principalmente as teorias que sustentam a denominada “Física Qüântica”. Em paralelo, podemos optar pela abordagem que vem dos acessos conscientes de outros seres humanos que transitam por algumas destas dimensões nos trazendo informações e testemunho sobre estas realidades.

“Todas as p-branas puderam ser encontradas como soluções das equações das teorias da supergravidade com 10 ou 11 dimensões. Embora 10 ou 11 dimensões pouco se asseme­lham ao espaço-tempo que vivemos, a idéia foi que as outras 6 ou 7 dimensões são enro­ladas tão pequenas que não a notamos; só percebemos as quatro grandes e quase planas dimensões restantes.”  [Extraído do livro “O Universo Numa Casca de Noz”, autor: Stephen Hawking, pág 54, Ed. Arx, 2002].

Neste paralelo de abordagens diferentes, percebemos que há uma proximidade considerável entre os atuais caminhos da ciência terrestre e da espiritualidade cósmica. Enquanto a ciência da Terra já considera a existência de pelo menos onze dimensões, teorias espirituais relatam de pelo menos doze dimensões. A questão das dimensões em si, não seria somente reconhecê-las e defini-las, mas observar quais as possibilidades que nós humanos terrestres temos na interação com estas dimensões.

ÂMBITO DA CRIAÇÃO MAIS DENSA
3ª DIMENSÃO
Os corpos físicos existem na 3ª dimensão, baseado na matéria física.

4ª DIMENSÃO
Trata-se do plano astral, baseado nas emoções. Somente nas 3ª e 4ª dimensões que se é possível manter a ilusão do bem e do mal constantemente, e também sentir-se em separado do espírito e dos outros. A Terra está ascensionando e estas duas dimensões mais densas serão sintetizadas e absorvidas pelas dimensões mais elevadas, deixando de existir.

ÂMBITO DA CRIAÇÃO INTERMEDIÁRIA
5ª DIMENSÃO
Esta é a dimensão do Corpo de Luz (merkabah), na qual o ser huma­no sabe que é um Mestre e um Ser multidimensional. Aqui, o Ser está completamente orientado pela espiritualidade. Muitos vêm desde este ponto para se converterem em Trabalhadores da Luz.

6ª DIMENSÃO
Contém as matrizes dos padrões do DNA para todos os tipos de espécies da criação, incluindo as da humanidade. Nela também estão armazenados os idiomas da Luz. Esta dimensão é constituída, essencialmente, por cores e tonalidades. Trata-se da dimensão onde a consciência cria através do pensamento. Cria através da consciência, mas não há ne­cessariamente veículos para isto.

7ª DIMENSÃO
Dimensão da criatividade pura, luz pura, tonalidade pura, geometria pura e expressão pura. Plano de infinita refinação.

8ª DIMENSÃO
Plano da mente grupal. Caracteriza-se pela perda do sentido do EU. Quando viajas, multidimensionalmente, é aqui que o Ser tem problemas para manter a consciência individual unida, dado que já se percebe como puro NÓS, a funcionar com objetivos de grupo.

9ª DIMENSÃO
Plano da consciência coletiva dos planetas, dos sistemas de estrelas, das galáxias e das dimensões. Aqui tudo é todos. Ao visitar esta dimensão é difícil manter-se consciente.

ÂMBITO DA CRIAÇÃO MAIS ALTA
10ª DIMENSÃO
A Fonte dos Raios, o lugar daqueles a quem chamamos de Elohim. Aqui a Luz se diferencia. É a origem dos planos da Criação a enviar para os níveis intermediários (5ª à 9ª dimensões).

11ª DIMENSÃO
Âmbito de Metatron, dos Arcanjos e do Akáshico Superior para este sistema da Fonte.

12ª DIMENSÃO
Dimensão do ponto único, na qual a totalidade da consciência se reco­nhece a si mesma na unicidade completa com Tudo O Que É. Um ser humano que acessa esta dimensão une-se a força criadora que rege este sistema da Fonte Cósmica. [Extraído de “Um Manual para a Ascensão”, Seraphis Bay por Tonny Stubbs , 2001, Tradução de Vitorino de Sousa].

Sob o ponto de vista das instruções espirituais, temos vários exemplos de seres humanos especiais que parecem nos ter deixado testemunhos claros de que tinham consciência de seus trânsitos por outras dimensões que não a usual do planeta Terra. Jesus, Saint. Germain, Sathya Sai Baba e, atualmente, Trigueirinho são alguns destes seres humanos que podem nos servir para um estudo e uma observação mais dedicada sobre a natureza das dimensões e os potenciais interativos que podemos desenvolver com elas.

“Algumas abordagens terapêuticas que estão já sendo veiculadas se tornando populares demonstram o nível de evolução a que esta hu­manidade está se encaminhando. Desta forma, terapias como o Reiki e a Cura Quântica, por exemplo, usufruem de técnicas de trânsitos in­terdimensionais conscientes. Através de mantras e simbologias sagra­das, as consciências cósmicas das Hierarquias superiores e dos diversos Conselhos Galácticos e Universais começam a agir de forma mais pró­xima, conscientes e em comunhão com os seres humanos terrenos se­lecionados e preparados para estes propósitos. As percepções espaços-temporais terrenas são paulatinamente transcendidas nas consciências dos seres que lidam com estas abordagens terapêuticas, e estes deixam seus registros nos éteres da Terra em benefício do aprendizado coleti­vo de toda a raça. Espalhadas pelo planeta, em diversos países, estas abordagens vêm ganhando força e despertando a humanidade para as outras dimensões superiores.” [Extraído do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, pág 192, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2011].

Nestes atuais tempos, muito tem se divulgado sobre a transição pela qual a Terra está passando, assim como a mudança da sua vibração de freqüência energética. Esta transformação que para muitos é irreal, em verdade, só pode ser acompanhada pelos seres mais sensíveis, mais intuitivos e sutis. Quanto mais elevada é uma dimensão, mais ela se apresenta pelas vias internas da consciência humana. Como a maioria da humanidade ainda não desenvolveu disciplinas corporais para perceber a vida pelas suas vias internas, este percentual do Reino Humano permanecerá inconsciente sobre as atuais mudanças de dimensões que estão acontecendo no Cosmos e, conseqüentemente, na Terra.

Nas palavras de Asvaghosha:
-Fique bem claro que o espaço nada mais é senão um modo de particularização, não possuindo existência real própria [...]. O espaço existe unicamente em relação à nossa consciência par­ticularizadora [...].

Neste mundo espiritual não existem divisões do tempo, como o passado, o presente e o futuro; pois tais divisões contraíram-se num único momento do presente, onde a vida palpita em seu verdadeiro sentido [...],

Passado e futuro são trazidos até esse momento presente de iluminação e esse momento presente não é algo que permanece parado com tudo aquilo que contém, pois, incessantemente, ele se move.” D.T. Suzuki. [Extraído do livro “O Tao da Física”, autor: Fritjof Capra, pág 128 e 139, Ed. Cultrix, 1975].

A Terra está transitando da quarta para a quinta dimensão e, em breve, as realidades da quinta dimensão serão a ‘plataforma de base’ sob a qual todas as experiências humanas irão se desenvolver neste planeta. Uma das conseqüências principais que o acesso à quinta dimensão promove em uma consciência humana que a experimenta, é a alteração da noção dos espaços-tempos. Assim como a ciência da Física Qüântica afirma que não se pode falar de ‘tempo’ em separado do ‘espaço’, isto é uma realidade clara e lúcida para um ser humano que experimenta esta quinta dimensão. Da mesma forma, ele reconhece que há uma interligação consciente entre os eventos atemporais em paralelo, onde presente, passado e futuro são apenas vetores de algum nível da consciência holística.

O futuro é criado no presente.
O passado, o presente e o futuro são propriedades da consciência.
O passado repre­senta as recordações, a memória.
O futuro é antecipação.
O presente é consciência.
Portanto, o tempo é movimen­to do pensamento.
Tanto passado como futuro são frutos da imaginação.
Somente o presente é consciência, é real, é eterno.
Interpretações das forças abstratas pro­duz a experiência do passado.
Interpretações antecipató­rias dessas mesmas forças criam o futuro.”
Deepak Chopra

Enfim, estamos sim em tempos especiais. Há três décadas atrás, se comentássemos que o tempo estaria passando mais rápido, acelerado, seríamos um exceção. Porém, hoje, somos uma exceção se afirmamos exatamente o contrário. Sem perceber ou ao menos conseguir explicar o que está acontecendo, muitos seres humanos estão acompanhando as emissões de energia que vêm da Fonte, penetram o nosso universo, a nossa galáxia, o nosso sistema solar e é absorvido e redimensionado para os propósitos do nosso belo planeta Terra.

“Para quem conhece a eternidade, o tempo e o espaço deixam de existir.”
Krishna

Para expansão deste tema, sugerimos os links a seguir para audição ou download de palestras gratuitas:

O Trabalho de Unir Dimensões
http://www.irdin.org.br/palestra/por/audicao.php?cod=11924

Tempos da Terra e Tempos do Céu
http://www.irdin.org.br/palestra/por/audicao.php?cod=8974

Sons p\ Gerar Harmonia e Unir Dimensões http://www.irdin.org.br/palestra/por/audicao.php?cod=11946

Publicado por Horácio Netho em 22 novembro 2011 às 8:08
em Confederação “Vegah Solarium”

Nenhum comentário:

Postar um comentário