domingo, 28 de março de 2010

STONEHENGE ATIVAÇÃO DO CONJUNTO CIRCULAR

MARIE: Muitas pessoas estão sentido que se tenha iniciado ou concluído uma ativação do conjunto circular de pedras conhecido por Stonenhedge. De uma forma geral, os locais sagrados do mundo serão ativados, e se sim, por quê? Com que propósito? Qual seria nossa resposta adequada, como humanos, para essas ativações? Como isto afetaria Gaia, e todas as suas formas de vida?

DRUNVALO: Quanto à Stonenhedge estar ativado, acredito que, de uma visão ampla, todos os locais sagrados do mundo foram criados num único momento há muito tempo atrás, na quarta dimensão, pelos Mestres Ascencionados, com o propósito de se restabelecerem as redes em torno da Terra de forma que nós pudéssemos retornar à consciência - a consciência que perdemos há 13.000 anos atrás, quando caímos. É verdade que alguns desses locais estão sendo ativados agora e alguns outros o foram nos últimos 30 anos, ou mais. Há pessoas que são induzidas a fazer isto. É parte do que está ocorrendo. A maioria das ativações, em seu pico, ocorreram em meados dos anos 80 até o início dos anos 90, 1990, 1991, por ali, quando havia milhares de pessoas fazendo isso pelo mundo. Depois foi relentando um pouco porque a rede Crística, com a qual estas pirâmides e sítios sagrados estão todos conectados, foi completada. Tudo que tem sido feito agora é para uma afinação mais apurada, para uma melhoria, para completar certas coisas.

Com relação a como estes fatos impactam Gaia, eles estão lentamente mudando a consciência humana e nos trazendo para a consciência Crística, portanto, isto é uma coisa boa que está ocorrendo. Há pessoas que demonstraram e provaram cientificamente, e deram esta informação até às Nações Unidas, de que todos os círculos do mundo e todas as pirâmides do mundo estão relacionados. Está em nosso web site, o The Spirit of Ma'at *(O Espírito de Ma'at). Se vocês forem lá, verão que existe um homem, cujo nome não me lembro agora, que demonstrou matematicamente que cada sítio descreve perfeitamente outro sítio em outro local e descreve exatamente onde é aquele local.

Então, quando você vai lá, eles estão todos localizados juntos. Se você for a um sítio, ele descreverá outro, e se você for ao outro, ele irá descrever outro, e isto em continuidade até aproximadamente 83.000 sítios pelo mundo todo. E a linha do tempo não é a mesma. O sítio que pode estar descrevendo um outro pode ter sito construído antes ou depois daquele, portanto não há lógica em termos de sequência de tempo, mais além provando que foi uma única mente que criou todas estas coisas há muito tempo atrás.

Eu realmente não sei quando Stonenhedge foi completamente ativado, mas todos aqueles sítios tinham que estar conectados como um circuito elétrico. Ele foi completado em fins dos anos 80, eu creio, sendo assim a rede foi ativada. Eu sei que as pessoas têm idéias diferentes sobre tudo isso e, há muita desinformação lá fora e muita verdade também. Você tem que usar de discernimento para o que é verdadeiro e o que não é. Mas os sítios tinham de ser ativados para que a rede estivesse lá.

Ainda há trabalho sendo realizado no mundo. Algumas têm dito que estão ativando locais porque simplesmente querem fazer viagens a certos lugares. E há pessoas fazendo isso de verdade. Há todo tipo de coisa acontecendo no mundo neste momento. Mais uma vez, use o seu discernimento, é você quem deve decidir.

MARIE: Eu pensei que a ativação não estava sendo feita por um ser humano e sim por…"

DRUNVALO: A ativação foi através de uma combinação entre a própria Terra e os Mestres Ascencionados. Foram eles que criaram e que criam estas coisas. A Grande Fraternidade Branca e os Mestres Ascencionados usaram pessoas e cristais e cerimônias para ativar algumas dessas pirâmides e sítios. Muitos deles são desconhecidos ou estão debaixo do oceano, ou dentro de vulcões portanto não creio que as pessoas tenham chegado lá embaixo. Há também sítios naturais, e sítios humanos. É o que se chama geomancia da Terra e ao se fazer geomancia, os campos de energia acima da Terra são afetados. Se você fizer geomancia corretamente, você irá realmente criar uma estrutura geométrica e eletromagnética sobre a Terra, a qual chamamos de redes. Mas elas estão bem completas neste momento e estão agindo, funcionando. Não é algo que vai funcionar no futuro, já está funcionando agora.

MARIE: Em seu livro "O Antigo Segredo da Flor da Vida" você descreve os Neters como tendo um oval avermelhado sobre suas cabeças. O que significa esse oval avermelhado? Poderia ser a glândula pineal? O que mais você pode nos contar sobre os Neters, e sua mensagem para os nossos tempos?

DRUNVALO: Estamos falando sobre os Neters. No meu entender o oval avermelhado é chamado de ovo da metamorfose e refere-se àqueles seres que literalmente irão se metamorfosear desta dimensão para a próxima, onde eles podem mudar de forma e suas habilidades, em vários níveis. A glândula pineal realmente tem um papel importante neste processo, porque o uso adequado do sétimo chacra é a chave para mudar de oitavas. O sétimo chacra é essencial. Você não consegue realizar a mudança sem ter a mestria desse chacra. Os Neters eram o que se considerava como deuses com "d" minúsculo. Eles eram os seres que foram à frente do tempo, alguns dos quais poderíamos chamar de mestres ascensos nos tempos de hoje. Eram pessoas ao mesmo tempo humanas mas que se desenvolveram no Egito através de muito treinamento para um estágio onde eles atuariam como um deus e, em última instância, como parte do DNA cósmico do planeta. Haviam 44+2 Neters no sistema, o que é o número exato de cromossomos que possuímos no DNA humano e eles estão ligados ao nosso potencial como humanos. Foi através de seus esforços que eles preparavam a humanidade para esse tipo de mudança. Quanto à sua mensagem para esta época, não estou bem certo sobre isso. A maior parte deles está trabalhando em grupos bem pequenos e o que está trabalhando num nível mais amplo é o próprio Thot. Mas como eles irão compartilhar essa mensagem para a humanidade, se eles tiverem uma, não estou ao par de qual seja.

MARIE: Há algum tempo você comentou sobre os círculos de colheita ("crop circles"). Em 4 de Julho apareceu um círculo em Normaton, Inglaterra, no formato de uma roda. Este glifo se parece muito com as rodas que você descreve nas paredes dos templos do Egito. Será que estaríamos encontrando as visões dos Neters representados naquelas mesmas paredes andando num caminho que termina numa virada de 90º?

DRUNVALO: O círculo de colheita ao qual penso que você está se referindo a quatro de Julho foi baseado na estrela, mais precisamente, na estrela tetraédrica, e esse foi o segundo maior círculo formado na história dos círculos de colheita. Creio que é este ao qual você está se referindo.

MARIE: Você pode se estender um pouco sobre o ângulo de 90º feito pelos Neters?

DRUNVALO: A virada de 90º é sempre usada por qualquer um que se mova de um nível dimensional a outro. Não há escolha. Você pode fazer duas viradas de 45º, mas ao final acaba fazendo uma de 90º. De forma que a sua consciência estará a 90º de onde estava antes. Este é um assunto extenso. Mas é a mesma coisa se você já viu um OVNI que vai passando muito rápido e aí faz uma virada de 90º rápida e perfeita e aí desaparece, porque é exatamente isso que estão fazendo, mudando de dimensões. Agora a nave não realiza aquela virada de 90º, são as pessoas à bordo se conectando uns aos outros e fazendo a mudança conscientemente, então são as pessoas que estão levando a nave para outra dimensão e não o oposto. O processo inteiro tem a ver com consciência. Cada nível dimensional é separado por uma virada de 90º.

MARIE: Então, nós estaríamos agora vivenciando aquela mudança de consciência?

DRUNVALO: Acredito realmente que nós já realizamos uma das viradas de 90º ou em fins de 1988 ou no início de 1999, e espero que haja mais delas no futuro. A que passamos em 98-99 não foi visível para o mundo. Não percebemos que ocorreu. As pessoas no futuro quase certamente terão consciência e nós saberemos que as estamos realizando, mas novamente depende de Gaia - a Mãe Terra - e o que ela decida sobre isso.

MARIE: Marte. Há indícios de planos para exploração envolvendo um grande volume de dinheiro de Marte, hoje considerado um planeta com muita água. Quais são seus pensamentos sobre o assunto de exploração espacial em Marte?

DRUNVALO: Nós comentamos sobre como Thot falou em 1984 que Marte fora um tempo coberto de oceanos e se assemelhava muito à Terra - com vida orgânica sobre todo o planeta. Depois eles tiveram uma guerra que explodiu sua atmosfera e que provavelmente evaporou quase toda a água do planeta, etc. Isto ocorreu um há pouco menos de um milhão de anos atrás. Há mais ou menos novecentos e poucos milhões de anos atrás. Por muito tempo os cientistas nos diziam não haver nada de água em Marte e agora esses estão encontrando água e mais água e mais água. Há água suficiente em Marte para que uma população relativamente pequena viva em Marte indefinidamente. No momento, Marte está também criando uma atmosfera que está se desenvolvendo extremamente rápido. Nos últimos anos ela dobrou de densidade, o que pode ser comprovado pela ciência.

MARIE: De forma geral, o que você acredita possa ser o passo mais natural a darmos como humanidade?

DRUNVALO: Vejo muitas e muitas possibilidades de passos da humanidade. Sinto que um dos que está por acontecer dentro de algum tempo no futuro, é que todas as crianças índigo e crianças sensitivas irão se conectar como um único ser no mundo, e que isto vai mudar tudo porque elas irão tomar o controle. Haverá milhões dessas crianças em todos os países no mundo e este é um passo que acredito, ser um passo natural que irá alterar as coisas. Estamos no meio de um experimento e tudo está mudando em todos os lugares. Não sei se eu quero realmente dizer o que penso que seria o próximo passo, porque eu gosto de ver isso como a água fluindo, com muitas, muitas possibilidades. Eu vejo coisas acontecendo que eu não gostaria de programar no mundo como a próxima coisa que vai acontecer. Então, sobre isso, penso que não vou respondê-la tão bem. Acredito que a humanidade é inteira, completa e perfeita. Não há nada de errado embora possa parecer que há muitas coisas que estão mudando, mas nós estamos simplesmente indo de uma forma a outra, uma estrutura, e uma consciência a outra, e sempre entre elas há o caos.

Isto é muito natural, é o jeito que as coisas são, no meio do caos em que estamos agora, iremos eventualmente formar uma nova estrutura. Quando alcançarmos essa nova estrutura iremos chegar à paz à harmonia e ao equilíbrio nisso, acredito que mesmo antes de nos movermos para os níveis mais elevados de consciência ou ascensionarmos. Então, temos que apenas ter fé na humanidade e não tentar prever o que vai nos acontecer. Ter fé em nós mesmos é mais importante. Acreditar no amor que todos nós temos e que está em todos os nossos corações é o que vai nos tirar do caos em que estamos vivendo

Você não pode ir de uma estrutura - ora uma estrutura política, uma estrutura social ou uma estrutura física, ou qualquer outra, para outra estrutura sem passar por um caos. Literalmente não é possível. Você pode olhar para os vídeos de Cimática (Cymatics) e você verá que quando o som afeta a matéria, quando ele vai de uma forma para outra, ele sempre passa por esse padrão caótico para chegar ao outro lado. Então, o caos não é ruim, ele é o meio através do qual nós nos transformamos. É por isso que você tem o Deus Shiva na crença Hindu. Ele é o deus do caos, da mudança, e da decomposição. Ele faz parte de um ciclo. Não há nada de errado. Estamos num caos, agora. Não há nada de errado com ele. Eventualmente iremos passar para o outro lado e algo bonito vai emergir.

MARIE: Você ontem mencionou o Código da Bíblia. Você pode falar sobre as 19 palavras alteradas na Torah e os 5 desafios que já passamos?

DRUNVALO: Não são 19 palavras, inicialmente os anjos me mostraram bem rapidamente que havia um certo número de locais - momentos bem específicos no tempo e no espaço - onde certas pessoas deveriam se juntar e com seus corações e suas mentes e seus corpos, mudarem o rumo da história. No início eu não tinha bem certeza de quantos eram. Sabia que eram em torno de 17, 18, 19 ou 20. Agora sei que são exatamente 19 e que pelos que sei, já passamos por cinco deles. Então há 14 ou menos, porque alguns destes já podem ter ocorrido. Há aproximadamente 14 ou menos momentos no futuro em que certos grupos devem se reunir para mudar a coisa, para que não tenhamos que cair num caos completo e absoluto, o que nos conduziria a uma outra direção, ou um universo paralelo, por meio do qual, no futuro, nós não acabaríamos onde Deus nos projetou, ou de acordo com o DNA cósmico. Nós vamos fazer isto, eu sei, mesmo havendo sempre a possibilidade de que nós não o façamos, mas nós iremos fazê-lo sim e terminar no mundo que nos é devido.

MARIE: Na entrevista anterior você falou das crianças de Israel que deram o passo; o segundo foi Kosovo?

DRUNVALO: O primeiro evento era a explosão total de Jerusalém com uma bomba atômica e foram 12 crianças de Israel que pararam aquilo. A guerra de Kosovo era para se tornar a terceira guerra mundial, mas os alemães mudaram isso. Houve outra depois disso, na Chechênia, Rússia. A comunidade muçulmana estava planejando pressionar para que s Jihad fosse chamado e a terceira guerra ia estourar. Mas o povo russo se juntou e pararam com isso. Vai acabar sendo através de pessoas de todos os países do mundo. Eu sei que na América do Sul chilenos estão se preparando para parar uma guerra que poderia emergir na Colômbia. Há muitos fatores em todo o mundo. Nós iremos finalmente sair desta, e isto vai ocorrer antes de 18 de fevereiro de 2013.

MARIE: Estamos criando uma nova atmosfera (devido às intensas erupções solares?) em torno da Terra, o que quer dizer isto para você?

DRUNVALO: Nós não sabemos se a nova atmosfera está se formando pelas explosões solares. O que sabemos é que há uma nova camada de atmosfera em torno da Terra que nunca existiu ou que pelo menos nós não tínhamos conhecimento de sua existência (e ela agora está lá). Foi anunciada no mundo pelos russos da Academia Nacional de Ciências de Moscou. Há também uma atmosfera em torno da lua que não existia quando lá aterrizamos em 1968. Os russos a descobriram e ela tem 6.000 km de profundidade. Eles até revelaram do que a atmosfera é composta mas não tenho a informação aqui comigo agora. Estão ocorrendo mudanças em todo o sistema solar agora mesmo.

MARIE: Você mencionou que o Sol está se transformando de hidrogênio para hélio?

DRUNVALO: Sim, isto foi documentado mas eles não sabem a razão até este momento. Bem, todas estas mudanças que estão ocorrendo no sistema solar são tão grandes, que os cientistas normalmente esperariam que elas ocorressem em milhões e milhões de anos, e elas estão ocorrendo em menos de 30 anos. Não sei como isto irá nos afetar. Estas mudanças nunca foram vistas antes. E há muitas mais que você pode ler em detalhes na "The Spirit of Ma'at"*. Nós fizemos pesquisas e documentamos isso com muito cuidado.

MARIE: Você mencionou uma cidade de 125.000 habitantes no Chile com praticamente nenhum ozônio? Há solução? O que podemos fazer?

DRUNVALO: Não há ozônio lá e o buraco de ozônio sobre o polo sul está crescendo e agora se estende a ponta sul do Chile. Então Punta Arenas está agora completamente exposta à radiação UVC vinda do sol. Ninguém sabe o que fazer. O governo chileno apelou para as Nações Unidas por ajuda, pois querem que o mundo todo faça algo por isso. Mas não há nada a fazer a não ser evacuar a cidade. Neste ponto, não sei o que está sendo feito. As Nações Unidas estão tentando descobrir o que fazer, e pelo que sei, não chegaram a uma solução.

MARIE: É uma situação cada vez pior… e pode acontecer em qualquer lugar do mundo?

DRUNVALO: Neste momento especialmente o polo sul está completamente exposto. A Nova Zelândia está sendo atingida fortemente e as pessoas na metade sul da Austrália também estão assustadas. Por todo o mundo há buracos. São como queijo suíço e vêm e mudam a cada ano, expondo as pessoas à esse UVC. Embora os governos saibam exatamente onde esses buracos estão, eles optaram por não revelar às pessoas afetadas quando isto ocorre, provavelmente para não causar o caos, suponho.

MARIE: Quanto à meditação Kogi que realizamos na noite passada ela auxiliaria, por exemplo, na solução do problema?

DRUNVALO: Pode ser. Se conseguimos sonhar um sonho novo através dos nossos corações, ao que o Shamanismo se refere há tanto tempo, e aprendermos como conectar o processo de criação dessa forma, então é possível que nós realmente possamos alterar o curso externo das coisas e isto é algo no qual tenho colocado toda a minha atenção no momento.

MARIE: Isto quer dizer então que poderíamos co-criar através do coração?

DRUNVALO: Sim, há uma forma de co-criar com Deus através do coração e é uma ciência. É muito específica em como isto é feito mas não é uma ciência em como o processo atual ocorre, porque é feminino e não tem lógica em si. Então, não sei, neste momento. Este é o ponto mais avançado em que estou trabalhando para minha própria compreensão, portanto dê-me mais alguns meses e lhe digo. Estou escrevendo um livro agora chamado "Living in the Heart" ("Vivendo no Coração"), será o terceiro livro que descreve toda essa informação e como chegar ao coração de uma forma que encontramos e como acessar tudo isso. Estará pronto provavelmente até o fim do ano. Pense em "O Antigo Segredo da Flor da Vida" como sendo informação do olho direito de Horus e em "Vivendo do Coração" como a forma de abrir a porta para o olho esquerdo de Horus, ou a informação feminina, em vez da informação masculina.

MARIE: Você mencionou que a maioria dos vortexes do nosso planeta estão invertidos. Como isto está nos afetando?

DRUNVALO: Gregg Braden acaba de me contar que nas últimas duas semanas e meia os pólos magnéticos da Terra estão se invertendo. Eu tenho que voltar agora e pesquisar. Está se falando, ele diz, na revista Nature, que é a revista de ciência mais prestigiada do mundo, e em muitas outras, porque o Gregg disse que esta é uma das maiores mudanças no campo magnético que a Terra já presenciou. Vou voltar para casa agora e vou pesquisar pessoalmente isso e iremos escrever um artigo na "The Spirit of Ma'at" e contar-lhes o que descobrimos.

MARIE: Eu tenho um problema com a definição das dimensões. Pensei que Deus estava na 13ª, que alguns mestres poderiam estar na 9ª e ainda operassem em nossa Terra. Mas você nos falou que estamos prestes a ir para a quarta e quando nós alcançarmos a quinta não vamos mais operar através de corpos?

DRUNVALO: As dimensões se movem de nível de acordo com a escala cromática. Há outras formas com que elas possam se mover mas nem quero entrar nisso. No entanto, como o mundo está geralmente olhando para dimensões, há 144 dimensões básicas. Há 12 maiores e 12 menores em cada uma delas, então as 12 X 12 produzem as 144 dimensões maiores e menores que existem na oitava dos universos, e aí há o que se chama de grande muralha ou o vazio que existe entre cada oitava e daí tudo se repete novamente. É como na música, subindo uma oitava e depois subindo mais uma oitava. Eu mesmo estou operando de uma oitava acima e voltando aqui embaixo para esta oitava inferior.

MARIE: Então quando as pessoas falam que nós já estamos operando na quarta dimensão e prestes a alcançar a 5ª, estamos falando daquela oitava dentro da terceira dimensão?

DRUNVALO: Não, não é uma oitava dentro de cada dimensão, embora haja uma ali, é na terceira dimensão que você sobe através daquelas notas até que chega à quarta dimensão. A terceira dimensão é uma dimensão de densidade - é muito densa, você pode bater numa mesa, e todo esse tipo de coisa. É duro, mas quando você vai para a quarta dimensão é quase tudo energia e muito pouca matéria. Ainda há átomos envolvidos em forma ali. Os átomos estão a grandes distâncias, de forma que um objeto quadridimensional passaria através de uma mesa tridimensional. Mas quando você está na quarta dimensão você não sabe isso, tudo se parece como aqui.

Parece sólido porque é tudo realmente consciência, então a quarta dimensão ainda apresenta formato e forma individual. Ainda existem corpos na quarta dimensão mas quando nós vamos para a quinta dimensão não mais há forma e formato como os conhecemos e a consciência se expande e se transforma em tudo. Uma pessoa não fica confinada num corpo, em vez disso, se torna toda a criação. Há por volta de 100.000 níveis desse "tornar-se todas as coisas", cada um diferenciado e se aproximando da fonte primordial.

MARIE: Você pode falar sobre a nave de plasma sobre a Cidade do México?

DRUNVALO: Não é uma nave. São muitas dessas naves por lá. São chamadas de naves de plasma. Elas são naves de Luz. Não são sólidas. Você não pode bater nelas, elas são Luz, elas na verdade se parecem com a lava. São alaranjadas e reluzentes. Essas naves nos permitiram chegar bem próximos delas. Podemos normalmente chegar a uns 35 metros delas e fotografá-las. Por muitos anos pessoas que vieram do México me contaram ter tido experiência direta com elas, mostraram fotografias, mostraram vídeos. Elas originalmente vieram do vulcão ao sul da Cidade do México, Popocatépetl, mais conhecido como o Popo, que tem estado ativo nos últimos anos. Quando o Popo não estava ativo, os mexicanos as viam e subiam até o topo da montanha. Sei de pessoas que viram isso em primeira mão, contando que viam elas saírem e entrarem no vulcão diariamente, às vezes de hora em hora. Quando ele ficou ativo as naves começaram a sair do lago e agora elas estão saindo direto das rochas por todos os lugares. Muitas, muitas pessoas as viram. Você vai a algumas dessas cidades e todas as pessoas as viram ao redor da área do Popo. Há um homem chamado Carlos Diaz, que declarou ter estado à bordo dessas naves. Há mais ou menos um ano atrás, quando Carlos estava à bordo de uma dessas naves, eles pediram a ele para que viesse me ver e me dar toda essa informação. Então nós nos encontramos na Cidade do México há quase um ano atrás, quando ele já tinha mais de 1800 fotografias e 250 horas de vídeo, dessas coisas a curta distância, inclusive imagens mais pessoais, dos seres a bordo andando e olhando para ele. Eu vi esses vídeos em primeira mão e os seres vêm bem próximos. Eles são realmente surpreendentes.

O material foi analisado na Alemanha e os computadores alemães vêem essas naves por baixo. Eles os vêem como células vivas. Elas se manifestam dessa forma. Quando os seres andam passando uns através dos outros eles parecem ser como luz. Quando entram nas naves elas crescem, expandem. Quando eles saem das naves elas ficam menores. Eles têm um vídeo onde as naves sobem no ar a mais ou menos um quarto de milha e daí se dividem em duas naves, indo em duas direções diferentes e mais tarde elas voltam e no ar parecem que vão colidir, mas não, elas voltam a ser uma nave. Elas são campos vivos de Merkaba, não são naves.

Elas são campos de luz Merkaba vivos. Carlos falou que os seres das naves permitiriam que eu fosse a bordo de uma dessas naves e eu concordei em fazê-lo. Eu também poderia ter testemunhas. Estamos só aguardando um próximo evento.

Encontramos um bom número de pessoas aqui nos Estados Unidos que viram eles entrando e saindo da terra. Conhecemos muitos deles.Sabemos sim que eles estavam na superfície da Terra há muito tempo atrás e que eles habitavam corpos diferentes dos humanos, mas com um tipo de compreensão similar e uma compreensão tecnológica. Eles haviam desenvolvido uma compreensão tecnológica e ela estava se comportando como nós (agora), que ela estava na verdade matando a Terra, a Terra estava morrendo.

Eles falaram sobre como uma raça ET veio do espaço para cá, veio a eles e lhes falou algo sobre eles. Que nesse conhecimento que lhes foi apresentado pelos ETs, que depois se foram, eles evoluíram muito rápido e logo se tornaram luz e foram para dentro da Terra. Então, de onde eles estão vindo? Eles não são ETs na verdade, eles são seres de dentro da Terra. Eles habitam esses bolsões enormes alaranjados, bolsões dimensionais, dentro da Terra, eles são parte do nosso ciclo de evolução.

Eles falam que a razão deles estarem aqui é a de fazer o mesmo que os outros ETs lhes fizeram - eles simplesmente querem nos dizer algo. Que quando soubermos o que eles tem a nos dizer nós iremos mudar e transformar e seremos capazes de resolver os nossos problemas e assim por diante. Esta é a única razão pela qual eles querem nos contar isso. Pelo menos é o que andam dizendo. Eu acredito neles. Eu acredito que eles sejam reais.

MARIE: Obrigada. Agradeço imensamente seu tempo precioso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário